Seleção da Vigésima Segunda Rodada do Brasileirão 2016

1 - Wilson (Coritiba): Parou o ataque Tricolor, em especial Chavez, fazendo inúmeras defesas difíceis. Nota: 9.

2 - Jean (Palmeiras): Marcou um golaço e deu uma assistência brilhante para Dudu. Apareceu bem pela direita e pelo meio campo. Nota: 8,5.

3 - Manoel (Cruzeiro): Com muita raça, tomou conta da defesa do Cruzeiro e não deixou nada passar. Nota: 8.

4 - Werley (Figueirense): Fez o simples e afastou os perigos causados pelos laterais santistas, com cortes providenciais. Nota; 8.

5 - Marcelo (Vitória): Além de marcar um golaço, foi um leão no meio de campo, cobrindo os espaços e ajudando na marcação. Nota: 9.

6 - Nicolas (Atlético Paranaense): Bem na defesa, mostrou também recursos ofensivos, tanto é que deu a assistência para o gol de Hernani. Nota: 8.

7 - Luan (Grêmio): Com o talento de sempre, criou as principais jogadas do time gaúcho. Também foi autor do gol de seu clube. Nota: 8.

8 - Clayson (Ponte Preta): Muita movimentação e habilidade. Comandou o meio de campo e marcou um golaço. Nota: 8,5.

9 - Rafael Moura (Figueirense): Mesmo isolado, levava perigo sempre que recebia a bola, finalizando com eficiência. Marcou o gol da grande vitória do Alvinegro. Nota: 8.

10 - Diego (Flamengo): Nem precisa estar 100% para ser genial. Novamente decidiu o jogo pro Mengão com grandes lances e um belíssimo gol. Nota: 8.

11 - Dudu (Palmeiras): Dedicou-se em campo e conduziu o time nas investidas ofensivas. Marcou um belo gol e infernizou a defesa adversária. Nota: 8,5.

TÉCNICO: Cuca (Palmeiras): Nitidamente trabalhou as fraquezas do Fluminense, tanto é que os gols saíram em falhas que já haviam acontecido antes. Compacto, seu time marcou bem e atacou com facilidade. Nota: 8.


Blog C. Fernando

Administrador; 26 anos; Católico; Apaixonado por Eduarda Guidarini; Fanático por futebol; Futebol bonito não é melhor que o eficiente; Penalti não é loteria, mas sim treinamento e competência; Torcedor do Avaí, Real Madrid e Fiorentina.

0 comentários: