Copa do Mundo 2018 - Grupo H

Com uma equipe muito entrosada, a Polônia é a cabeça de chave e a favorita para ser a primeira colocada do grupo H. Com dois centroavantes no ataque, Lewandowski e Milik, a equipe costuma atacar pelas pontas para servir os dois "matadores". Senegal, de Mané, traz um elenco com jogadores experientes e que, em sua maioria, atuam na melhor liga do mundo, a Premier League. Com atletas rápidos e fortes fisicamente, promete dar trabalho no grupo e brigar pela classificação. Com uma base semelhante a da última edição, onde teve um bom desempenho, a Colômbia tem em James e Falcão a esperança de reeditar uma grande Copa do Mundo. Ao meu ver, briga com Senegal pela segunda vaga do grupo, mas tem potencial para alcançar a primeira colocação. Por fim, o Japão tende a ser o "patinho feio" do grupo. Com seus astros em fase decrescente na carreira, casos de Hasebe, Honda e Kagawa, pouco amedronta seus adversários. Mesmo assim, é um time veloz e que gosta de ter a posse de bola.








Copa do Mundo 2018 - Grupo G

A Seleção Belga chega para esta Copa mais forte do que nunca. Mesmo sem um de seus melhores jogadores no elenco, o meia Nainggolan, que teve problemas pessoais com o técnico e não foi convocado, possui um grupo de jogadores de incrível nível técnico, e mais maduros que na edição anterior. Com estrelas em todas as posições, pode ser considerada uma das favoritas, tendo em Hazard, Mertens e Lukaku um ataque dos sonhos de qualquer torcedor. Primeiro adversário da poderosa Bélgica, o Panamá vai disputar uma Copa do Mundo pela primeira vez. O veterano zagueiro, Felipe Baloy, ex Grêmio, é o maior destaque desta seleção, que possui um esquema de jogo muito semelhante ao de Honduras, ou seja, muito defensiva e até agressiva em alguns momentos. Com uma seleção veloz e que valoriza muito a posse de bola, a Tunísia não traz nomes muitos conhecidos do futebol mundial, mas um grupo bem entrosado e determinado. Khazri é o responsável por comandar as ações ofensivas do time. Para fechar o grupo, a Inglaterra traz para esse Mundial uma geração extremamente valiosa, ficando apenas atrás da Seleção Francesa no valor de seus jogadores no mercado do futebol. A grande "joia" desta seleção é o atacante Harry Kane, que é um grande jogador e líder neste grupo. Com jovens e velozes jogadores, como Rashford, Walker e Sterling, a Inglaterra pode surpreender os favoritos ao título. Concluo que Bélgica e Inglaterra devem brigar pela primeira posição do grupo, sem ter muitos problemas com as outras duas seleções deste grupo G.








Copa do Mundo 2018 - Grupo F

Defendendo o título, a Alemanha é a cabeça de chave do grupo F, sendo a grande favorita para ser a primeira colocada neste grupo. Com nomes já conhecidos, como Ozil, Kroos, Neuer e Müller, e novatos como Werner e Brandt, o time alemão mescla experiência e juventude, tendo o mesmo estilo de jogo envolvente e objetivo. O primeiro obstáculo para o penta alemão, será o "traiçoeiro" México, que é uma equipe muito veloz e habilidosa. Seus principais destaques são Carlos Vela e Guardado. O veterano Rafa Marquez, de 39 anos, está igualando o recorde de Buffon, Carvajal e Matthaus, disputando sua quinta Copa do Mundo. Sem Ibra, a Suécia aposta em novos talentos para reeditar o sucesso das edições de 1958 e 1994. Forsberg é o grande craque deste time, que possui as características de ser muito forte fisicamente e de gostar de cruzar bolas pra área, procurando o cabeceio de seus atacantes. Por fim, a Coréia do Sul traz para esta Copa do Mundo um time semelhante aos das últimas edições, mas sem o mesmo brilho de 2002. Com muita disciplina e organização, a estratégia do time é atacar pelas beiradas com velocidade. Son é o grande valor desta geração coreana. Tudo indica que a Alemanha passará em primeiro lugar neste grupo, que terá uma boa briga entre Suécia e México pelo segundo lugar.






Copa do Mundo 2018 - Grupo E

A Seleção Brasileira tem amplo favoritismo no grupo E. Vivendo grande fase desde a chegada de Tite, o Brasil conta com a volta de Neymar e o momento brilhante de Marcelo. A equipe é muito rápida e criativa, o que dificulta a marcação de defesas lentas, problema que a maioria das seleções europeias possuem. Em seguida, a Suíça de Shaqiri e companhia, deve ser a equipe que vai causar mais problemas para a Seleção Canarinho. Com uma equipe forte e leve, conta com jogadores que podem fazer a diferença em seu ataque. A Costa Rica, segunda adversária do Brasil na Copa, tem uma equipe muito semelhante a que disputou a edição passada, tendo em Navas, Ruíz e Campbell a esperança de ser novamente uma "zebra", e passar da fase neste grupo. Brigando com a Costa Rica para ser uma aposta, a Seleção Sérvia conta com um time muito forte fisicamente e que possui boa marcação no meio de campo, tendo como Matic e Kolarov suas principais estrelas.






Copa do Mundo 2018 - Grupo D

O grupo D da Copa do Mundo tem a Argentina de Messi e Di María como cabeça de chave, que mesmo não tendo a mesma qualidade no elenco das últimas edições, é uma favorita ao título e a equipe mais forte do grupo. Sensação da última Eurocopa, a Islândia promete incomodar a vida de seus adversários, com muita marcação e empenho de seus atletas, que realmente se superam em campo a cada jogo. Um pouco abaixo do favoritismo argentino neste grupo, vem a Croácia de Modric, Mandzukic e Perisic. Com uma equipe de muita qualidade técnica e força física, os croatas tem grandes chances de passar de fase e fazer frente aos grandes favoritos da competição. Por fim, a Seleção Nigeriana, que apesar de ter uma equipe muito veloz, está abaixo das outras seleções deste grupo ao meu ver. Iwobi e Moses, conhecidos da Premier League, devem ser os grandes criadores de oportunidades dos africanos. 





Copa do Mundo 2018 - Grupo C

Como cabeça de chave deste grupo, a França se mostra muito superior aos seus adversários. Com um time muito veloz e com muitas peças ofensivas de qualidade, como Giroud, Griezmann, Mbappe e Lemar, a equipe do técnico Deschamps promete fazer uma grande Copa do Mundo e brigar pelo título. Como já conhecemos de outras competições, a equipe da Austrália tem um futebol muito fraco tecnicamente,mas que é compensado com muita força e raça. Mesmo aos 38 anos, Cahill continua sendo a referência do elenco. O dilema da indefinição da presença ou não de Guerrero na Copa conturbou a Seleção Peruana, que para sua felicidade acabou com um final feliz, tendo seu artilheiro e capitão presente no Mundial. O elenco peruano é bem competitivo e deve encarar seus rivais sem retrancas. Por fim, a Dinamarca, chega para essa competição com uma equipe bem abaixo do nível habitual dos grupos de jogadores que disputaram as Copas dos anos 80 e 90. Eriksen é a peça chave do time, comandando o meio de campo e construindo praticamente todas as jogadas ofensivas do time. Ao meu ver, França passará em primeiro neste grupo, com tranquilidade. Peru e Dinamarca vão lutar pela segunda colocação, e a Austrália é apenas uma possível zebra.










Copa do Mundo 2018 - Grupo B

O grupo B conta com um favorito, a Espanha, uma equipe forte, Portugal, uma aposta, Marrocos e um candidato a zebra, o Irã. A cabeça de chave, a Seleção Portuguesa, vem para esta Copa muito motivada com sua geração de bons talentos, como Bernardo Silva, André Silva e William Carvalho, com a liderança e o talento do melhor jogador do mundo,Cristiano Ronaldo, e com a recente conquista da Eurocopa 2016. A Espanha também traz uma equipe renovada para esta Copa, principalmente com os madrilenhos: Isco, Asensio e Lucas Vazquez. A posse de bola continua sendo a principal virtude e filosofia de jogo, mas a equipe vem mostrando um pouco mais de objetividade nos últimos jogos. Sérgio Ramos e Iniesta são os mais experientes do grupo. Com praticamente todos os seus jogadores jogando na Europa, A Seleção Marroquina deve dar trabalho aos favoritos do grupo. A equipe é muito veloz e tem uma forte marcação, apostando muito em rápidos contra-ataques com os habilidosos meias Ziyech, Amrabat e Belhanda. Por sua vez, a Seleção Iraniana não parece muito ofensiva aos seus rivais, contudo adota um sistema bem defensivo, o que pode causar problemas a equipes técnicas como Espanha e Portugal. Dejagah continua sendo o principal criador de oportunidades do time. Por fim, penso que Espanha e Portugal devem se classificar neste grupo, mas não será surpresa pra mim se Marrocos acabar surpreendendo as duas potências.