Seleção da Vigésima Primeira Rodada do Brasileirão 2016

1 - Victor (Atlético Mineiro): Salvou o Galo com duas defesas impressionantes. Nota: 9.

2 - Pará (Flamengo): Em outra boa partida, foi muito bem na marcação e até foi providencial para salvar um gol certo do adversário. No ataque, cruzou para o gol de Diego. Nota: 8,5.

3 - Maicon (São Paulo): Foi um "monstro" na defesa Tricolor, ganhando tudo que disputou. Muitas vezes, corrigiu os erros dos companheiros. Nota: 8,5.

4 - Emerson Santos (Botafogo): Não brincou em nenhum momento, dando chutão se necessário e saindo com tranquilidade se possível. Passou segurança ao time. Nota: 8.

5 - Moisés (Palmeiras): O volante mostra-se polivalente em campo, assumindo função defensiva, criadora e até de lateral. Foi o melhor do Verdão. Nota: 7,5.

6 - Uendel (Corinthians): Levou perigo nas investidas, mas estava discreto até dar a assistência para o gol de Marquinhos Gabriel. Nota: 7.

7 - Wellington Paulista (Ponte Preta): Fazendo bem a sua função, brigou muito pelas bolas e brilhou ao marcar um gol e dar a assistência para outro. Nota: 8,5.

8 - Robinho (Cruzeiro): Homem das bolas paradas, cobrou boas faltas. Participou dos dois gols, e quase marcou o seu se não fosse a bola na trave. Deu bons passes e controlou o jogo. Nota: 8.

9 - Sassá (Botafogo): Em grande fase, marcou mais dois gols, chegando a nove na competição. Fez exatamente o que um centroavante precisa fazer. Nota: 8,5.

10 - Diego (Flamengo): Logo na sua estreia, mostrou muita disposição e diferencial nos domínios, passes e dribles. Foi muito feliz ao marcar o gol da vitória do Mengão. Nota: 8.

11 - Robinho (Atlético Mineiro): Presente a todas as investidas ofensivas do time, chama a responsabilidade. Executou dribles, bons passes e marcou o gol da vitória de pênalti. Nota: 8.

TÉCNICO: Levir Culpi (Fluminense): Jogando sempre em um esquema ofensivo, leva muito perigo aos adversários com contra-ataques e com um time veloz. Bem no sistema defensivo. Nota; 8.


Blog C. Fernando

Administrador; 26 anos; Católico; Apaixonado por Eduarda Guidarini; Fanático por futebol; Futebol bonito não é melhor que o eficiente; Penalti não é loteria, mas sim treinamento e competência; Torcedor do Avaí, Real Madrid e Fiorentina.

0 comentários: