Seleção da Vigésima Quinta Rodada do Brasileirão 2015

1 - Marcelo Lomba (Ponte Preta): Mais uma vez segurou as pontas na defesa. Fez grandes defesas e por pouco saiu de campo sem ser vazado. Nota: 7,5.

2 - Rodinei (Ponte Preta): Muita velocidade e contribuição nas investidas ao ataque. Não cometeu grandes falhas na defesa. Nota: 7.

3 - Samir (Flamengo): O zagueirão foi o grande nome da defesa do Mengão, afastando os perigos sem brincadeiras, marcando bem e cobrindo as subidas do lateral Jorge. Nota: 8,5.

4 - Jackson (Palmeiras): Fez o simples na defesa, sendo eficiente. No ataque, marcou o primeiro gol do Verdão. Nota: 8.

5 - Fernando Bob (Ponte Preta): Foi impecável na marcação, não permitindo que os meias santistas jogassem. Contribui no ataque com passes e lançamentos precisos. Nota: 8.

6 - Danilo (Sport): Ao substituir Renê, que é o dono da posição, mostrou que vai brigar pela titularidade. Fez boa partida defensiva e ao subir para o ataque marcou o gol que definiu a vitória do Leão. Nota: 8.

7 - Paulinho (Flamengo): Anotou um golaço! Também se apresentou para o jogo e até ajudou na marcação. Nota: 8,5.

8 - Nenê (Vasco): Bons passes, dribles e um gol. Nota: 8.

9 - Malcom (Corinthians): Com a lesão de Rildo, logo aos 3 minutos de partida, entrou para ser o protagonista. Incomodou demais a defesa adversária usando sua velocidade e técnica. Marcou um dos gols da goleada. Nota: 8.

10 - Marquinhos (Avaí): Não fez uma grande partida, até pelo fato des estar com dores no joelho, mas jogou o tempo todo, deu bons e belos passes, foi guerreiro, na medida do possível, e por fim participou do último gol do time. Nota: 7,5.

11 - Alexandre Pato (São Paulo): Está em grande fase. É a referência do time, chamando o jogo e criando situações perigosas. Puxou contra-ataques, deu passes de qualidade e por fim marcou um lindo gol. Nota: 9.

TÉCNICO: Oswaldo de Oliveira (Flamengo): Mais uma vez o treinador deu um nó tático no adversário. Marcando bem a saída de jogo do time catarinense com apoiadores velozes, levou a melhor. Explorou os contra-ataques e foi vitorioso. Nota: 9


Blog C. Fernando

Administrador; 26 anos; Católico; Apaixonado por Eduarda Guidarini; Fanático por futebol; Futebol bonito não é melhor que o eficiente; Penalti não é loteria, mas sim treinamento e competência; Torcedor do Avaí, Real Madrid e Fiorentina.

0 comentários: