Seleção da Vigésima Quarta Rodada do Brasileirão 2015

1 - Renan (Goiás): Homem do jogo, salvou três gols quase certos do Sport, praticando grandes defesas Nota: 8,5.

2 - Marcos Rocha (Atlético Mineiro): Pelo seu setor, não teve problemas, muito em função do adversário pouco ter investido pela esquerda. Quando subiu, participou bastante do jogo. Nota: 7.

3 - Leonardo Silva (Atlético Mineiro): Eficiente como de costume na defesa, cortando as bolas, desarmando e passando segurança ao time. Nem precisou pular para marcar seu 23º gol pelo Galo, tornando-se o zagueiro que mais marcou gols na história do clube. Nota: 8.

4 - David Braz (Santos): Um dos jogadores que mais evoluíram com a chegada de Dorival. Teve boa atuação defensiva e ainda marcou um dos gols da goleada do Peixe. Nota: 8.

5 - Renato (Santos): Foi o elo de ligação da defesa até o meio campo. Marcou bem e deu bons passes. Nota: 7,5.

6 - Artur (Internacional): Fez o simples, mas não comprometeu na defesa. No ataque, incomodou o adversário. Nota: 7.

7 - Leandrão (Vasco): Finalizou muito bem as chances que teve. No primeiro tempo, parou em Lomba, que fez boas defesas. Já no segundo, acertou um belo chute e deu ao Vasco a vitória que o time tanto perseguia. Nota: 8,5.

8 - Alan Patrick (Flamengo): Foi muito bem na organização do meio campo, distribuindo as bolas. Marcou o primeiro gol do Mengão, que chegou ao G-4. Nota: 8.

9 - Ricardo Oliveira (Santos): Marcou um gol, abrindo ainda mais vantagem na artilharia do campeonato. Também contribuiu criando jogadas no meio de campo. Nota: 8.

10 - Renato Augusto (Corinthians): Quando o jogo ainda estava empatado, Renato era o jogador que mais tentava jogadas individuais e arriscava. Ao estar perdendo, tentou ainda mais, sendo premiado com o gol de empate. Nota: 8.

11 - Luan (Atlético Mineiro): Participou do jogo o tempo todo, com raça, técnica, bons passes e um belo gol de letra. Nota: 8.

TÉCNICO: Jorginho (Vasco): Com uma firme marcação nos homens de velocidade da Ponte, aproveitou os contra-ataques para assustar o adversário e sair com a vitória. Nota: 7.


Blog C. Fernando

Administrador; 26 anos; Católico; Apaixonado por Eduarda Guidarini; Fanático por futebol; Futebol bonito não é melhor que o eficiente; Penalti não é loteria, mas sim treinamento e competência; Torcedor do Avaí, Real Madrid e Fiorentina.

0 comentários: