Aonde foi parar: Cocito


Apelidado de "Coicito", pela força usada pelo jogador nas divididas e desarmes, foi um volante que fez muito sucesso no fim dos anos 90 e no inicio dos anos 2000. Começou sua carreira no Botafogo de Ribeirão Preto, destacando-se no Paulistão de 1997. No ano seguinte, foi contratado pelo Atlético Parananense, onde viveu sua melhor fase conquistando três vezes o Campeonato Paranaense e o Brasileirão de 2001. Apesar do grande futebol mostrado no torneio mais importante do país, levou a fama de jogador agressivo pelas duras entradas e pela lesão que causou em Kaká nas quartas de final da competição. Acertou com o Corinthians em 2003, mas sem sucesso foi para o Grêmio em seguida. Sofreu com problemas musculares no time de Porto Alegre, ficando sem jogar por um grande período. Com as duas partes insatisfeitas, desligou-se do clube gaúcho, anunciando seu retorno ao Furacão do Paraná. Encontrou novamente seu bom futebol, conseguindo uma chance na Europa. Atuou por Tenerife e Murcia na Espanha, contudo não adaptou-se ao estilo de jogo do país. Rodou ainda por Fortaleza, Avaí, Boavista e Vila Nova, mas após ter muitos problemas físicos, "pendurou as chuteiras" em 2009. Atualmente, Cocito mora em Batatais, São Paulo, onde administra uma empresa de segurança, porém também possui negócios imobiliários em Curitiba.


Blog C. Fernando

Administrador; 26 anos; Católico; Apaixonado por Eduarda Guidarini; Fanático por futebol; Futebol bonito não é melhor que o eficiente; Penalti não é loteria, mas sim treinamento e competência; Torcedor do Avaí, Real Madrid e Fiorentina.

0 comentários: