FBI prende Marin e mais seis corruptos da FIFA

Na madrugada desta quarta feira, o ex presidente da CBF, José Maria Marin, foi preso na Suíça junto a outros seis companheiros de corrupção da FIFA. O FBI, que executou a ação, informou que os ladrões fazem parte de um esquema de enriquecimento corrupto através do futebol que já existe há cerca de 24 anos. As investigações ainda vão prosseguir, e com isso devemos ter outros executivos presos nos próximos dias. A hipótese de compra de votos pela Rússia e Catar para sediar as Copas do Mundo de 2018 e 2022, respectivamente, é grande, e os envolvidos devem ser punidos. Outro brasileiro ligado aos roubos no futebol, é o dono da empresa Traffic, José Hawilla, que é acusado de desviar valores referentes a fraudes e lavagem de dinheiro. É bom que os demais dirigentes corruptos do futebol brasileiro fiquem espertos, pois se possuírem algum vínculo com Marin e a FIFA também vão sofrer consequências. O FBI já anunciou que vai investigar as negociações entre o governo brasileiro e a CBF com a FIFA na qual culminou com a eleição do país como a sede do Mundial de 2014. Nesse caso, eu acredito que a "sujeirada" deve ter sido ainda maior. 

Os sete presos na madrugada da quarta feira


Blog C. Fernando

Administrador; 26 anos; Católico; Apaixonado por Eduarda Guidarini; Fanático por futebol; Futebol bonito não é melhor que o eficiente; Penalti não é loteria, mas sim treinamento e competência; Torcedor do Avaí, Real Madrid e Fiorentina.

0 comentários: