Seleção da Trigésima Quarta Rodada do Brasileirão 2014

1 - Cassio (Corinthians): Fez boas defesas, mas destacou-se pelo grande lançamento que fez a Malcon. Nota: 8,5.

2 - Jefferson (Figueirense): Pouco apoiou, pois ficou atrás para marcar os velozes pontas do Galo. Em uma de suas raras subidas ao ataque, acertou um chute incrível, abrindo o placar do jogo. Nota: 8,5.

3 - Rafael Tolói (São Paulo): Fez um partidasso, marcando muito forte e ganhando as divididas. Ainda marcou o segundo gol do Tricolor em um lindo voleio. Nota: 8,5.

4 - Paulão (Internacional): Estava no banco e entrou no jogo só porque Alan Costa lesionou-se. Não teve problemas na defesa e marcou um dos gols mais bonitos do Brasileirão, emendando uma bicicleta. Nota: 8.

5 - Edson (Fluminense): Marcou muito bem, desarmando e não deixando os meias do Fogão criarem oportunidades. Além de boa atuação defensiva, foi o nome do jogo ao fazer o gol da vitória. Nota: 9.

6 - Anderson Pico (Flamengo): Foi bem defensivamente e apoiou com eficiência, levando perigo em algumas oportunidades. Nota: 7,5.

7 - Dodô (Atlético Mineiro): Em mais uma rodada na Seleção, o garoto vem mostrando sua capacidade. Fez boas articulações, deu dribles e bons passes. Marcou um belo gol para empatar o jogo. Nota: 8.

8 - Dudu (Grêmio): Marcou o primeiro gol do time, usufruindo de sua grande velocidade. No segundo tempo, deu lindo passe para Ramiro completar. Nota: 8,5.

9 - Joel (Coritiba): Teve três chances no jogo e aproveitou duas, marcando os dois gols do Coxa. Nota: 8,5.

10 - Diego Souza (Sport): Chamou a responsabilidade e resolveu o jogo com um golaço de voleio. Nota: 8.

11 - Luis Fabiano (São Paulo): Marcou o primeiro gol da equipe em uma lance difícil de finalizar. Teve muita disposição e raça, aparecendo para o jogo e brigando pelas bolas. Nota: 8,5.

TÉCNICO: Ney Franco (Vitória): Conquistou uma vitória importantíssima contra o rebaixamento. Vencendo a Chapecoense dentro de seus aposentos, saiu do Z-4 e ainda empurrou o rival. Conseguiu vencer a bola aérea perigoso da Chape e ainda aproveitou contra-atques. Nota: 8.


Blog C. Fernando

Administrador; 26 anos; Católico; Apaixonado por Eduarda Guidarini; Fanático por futebol; Futebol bonito não é melhor que o eficiente; Penalti não é loteria, mas sim treinamento e competência; Torcedor do Avaí, Real Madrid e Fiorentina.

0 comentários: