Diário da Copa - Dia 15

A Alemanha jogava bonito, trocando passes, tabelas e envolvendo a equipe americana. Por outro lado seu adversário apostava na velocidade de seus velozes laterais, Beasley e Johnson, e as chegadas do meia Jones. Apesar de impôr seu futebol, os alemães esbarraram na forte marcação dos Estados Unidos. Para o segundo tempo, Klose foi a novidade na Alemanha, entrando no lugar de Podolski. Com a alteração, Müller sairía um pouco mais da área. Logo aos dez minutos, após bela defesa de Howard em cabeçada de Mertesacker, Müller acertou um lindo chute da entrada da área e marcou um golaço. No restante do jogo a Alemanha cadenciava o jogo e chegava sem se arriscar. Quanto os E.U.A., procurava apenas defender e não sofrer mais gols, jogando e ficando sempre atento no resultado de Portugal x Gana. Com o final do jogo, os dois países asseguraram suas classificações.

Craque do jogo: Thomas Müller (Alemanha)
Árbitro: Ravshan Irmatov (Uzbequistão)
Gols da Partida: Müller (55')


Portugal começou indo para cima de Gana, criando chances sem deixar a zaga exposta. Cristiano Ronaldo mostrava que estava bem fisicamente e aparecia muito para o jogo. Na primeira oportunidade, colocou uma bola no travessão. Na segunda, cabeceou forte, mas o goleirão dauda fez bela defesa. Na sua terceira tentativa acertou forte chute, esbarrando novamente em Dauda. Aos 31 minutos, João Moutinho fez fantástica jogada na entrada da área e rolou para Miguel Velloso cruzar, Boye desviou de maneira "estabanada" e marcou contra. Portugal ainda precisava marcar três gols e contar com uma vitória alemã. Porém na volta do intervalo, Gana voltou melhor e aos doze minutos Gyan empatou a partida de cabeça. Com o resultado igual, o jogo ficou extremamente aberto. Cristiano Ronaldo, Nani e Moutinho insistiam em fazer o segundo gol, mas Dauda não deixava. Após fazer grandes defesas, Dauda falhou aos 35 minutos, soltando a bola na frente de CR7, que marcou enfim seu gol. Depois disso, os portugueses se jogaram ao ataque, perdendo boas chances e parando no goleiro ganês. Não deu para os dois, que agora assistem o restante da Copa do Mundo em suas casas.

Craque do jogo: Cristiano Ronaldo (Portugal)
Árbitro: Nawaf Shukralla (Barhein)
Gols da Partida: Boye (contra, 31'), Gyan (57') e Cristiano Ronaldo (80')


A Bélgica, já classificada, resolveu poupar seus principais titulares, escalando um time misto. A Seleção Sul Coreana procurava o ataque com velocidade, mas esbarrava nos bons zagueiros belgas. Por sua vez, a Seleção Belga só conseguia assustar com as bolas aéreas. no final do primeiro tempo, Defour solou um meia coreano e foi expulso. No segundo tempo, o cenário não mudou. A Coréia corria atrás do resultado, porém não conseguia oferecer grande perigo. Mesmo com um jogador a menos, a Bélgica era mais eficaz. Aos 33 minutos, Origi chutou, o goleiro coreano espalmou e Vertonghen marcou o gol da vitória belga. A Bélgica terminou a primeira fase com 100% de aproveitamento, e enfrentará os Estados Unidos nas oitavas de final.

Craque do jogo: Jan Vertonghen (Bélgica)
Árbitro: Benjamin Williams (Austrália)
Gols da Partida: Vertonghen (78')


 
A Argélia começou melhor o jogo, indo para cima e dominando a parida. Porém na primeira investida russa, Kombarov cruzou muito bem para a área e o garoto Kokorin cabeceou no ângulo de Rais, abrindo o placar. Como a Argélia sabe se defender melhor do que atacar, teve dificuldades para colocar pressão no jogo. Em contrapartida, a Rússia assustava nos contra-ataques. Na segunda etapa, a Argélia veio disposta a conquistar a tão sonhada vaga. A ordem era jogar pelas laterais, explorando na lentidão dos laterais russos. Feghouli e Djebbour "tocaram o terror" pelas pontas, sendo parados apenas com faltas. Aos quinze minutos, em falta cobrada pela esquerda, Slimani contou com nova falha de Akinfeev e empatou o jogo. A Rússia até tentou ficar a frante do placar, porém a defesa argelina foi impecável, ganhando todas por cima e por baixo. Além disso, quando foi exigido, Rais cumpriu seu papel. Inédita classificação argelina, com muita raça e superação. O próximo desafio será contra a Alemanha, pelas oitavas.

Craque do jogo: Islam Slimani (Argélia)
Árbitro: Cuneyt Çakir (Turquia)
Gols da Partida: Kokorin (6') e Slimani (60')

Blog C. Fernando

Administrador; 26 anos; Católico; Apaixonado por Eduarda Guidarini; Fanático por futebol; Futebol bonito não é melhor que o eficiente; Penalti não é loteria, mas sim treinamento e competência; Torcedor do Avaí, Real Madrid e Fiorentina.

0 comentários: