Análise Pré-Copa: Grupo H

Bélgica: Atual décima primeira colocado no Ranking da FIFA, a Seleção Belga vem para o Brasil com o melhor time da sua história. Bons valores em todas as posições com peças de reposição e dois grandes craques em suas posições, Hazard e Kompany. Acredito em grandes atuações na primeira fase, credenciando mais ainda seu status de favorita, porém o que pode atrapalhar a equipe é a falta de experiência. 

Argélia: Provável saco de pancadas do grupo. A argélia tem uma equipe muito fraca no setor defensivo e bons valores no ataque, porém inexperiêntes. Silmani, Feghouli, Bentaleb e Taider podem ser os destaques do país africano.

Rússia: Foi a primeira colocado de seu grupo nas eliminatórias, ficando inclusive a frente de Portugal. Por ter Capello como treinador, tem uma defesa muito compacta, tanto é que tomou apenas cinco gols em toda a campanha nas eliminatórias. Possui um bom time titular, mas pelo fato de ter pouquíssimas opções no banco, não deve ir muito além das oitavas de final.

Coréia: Assim como a Rússia, no máximo pode passar para às oitavas, porém não acredito que chegue tão longe. É um time veloz e habilidoso, lembrando muito o estilo de jogo japonês, mas com uma defesa pior. Maior jogador da história da Coreia do Sul, Park Ji-sung, anunciou sua aposentadoria do futebol, ficando de fora da Copa. Son Heung-Min e Ki Sung-Yueng devem encher os olhos dos olehiros de grandes clubes europeus, porém só eles dois.

Blog C. Fernando

Administrador; 26 anos; Católico; Apaixonado por Eduarda Guidarini; Fanático por futebol; Futebol bonito não é melhor que o eficiente; Penalti não é loteria, mas sim treinamento e competência; Torcedor do Avaí, Real Madrid e Fiorentina.

0 comentários: