Análise Pré-Copa: Grupo D

Uruguai: A equipe é praticamente a mesma que alcançou o quarto lugar em 2010. Diferente da última edição, onde Forlán foi o grande personagem do país, Suárez e Cavani são os candidatos da equipe para assuimor o posto de craque do time. Em minha opinião, deverá ser a primeira colocada do "Grupo da Morte".

Costa Rica: Além de ser uma seleção fraca, em comparação com as 32 classificadas para a Copa do Mundo, levou um grande azar em cair em um grupo com três campeãs mundiais. Vai disputar pela quarta vez o torneio, tentando repetir a campanha de 1990, onde chegou às oitavas de final.

Inglaterra: A Inglaterra traz para essa Copa uma seleção com boa média de idade, tendo garotos como Sterling, Chamberlain e Barckley e os veteranos Gerrard, Lampard e Lambert. O modo de jogar com chuverinhos para os atacantes grandalhões já não é mais o estilo da Seleção de Roy Hodgson. Bons passes, velocidade e criatividade no meio de campo, agrada hoje os ingleses.

Itália: A tetracampeã vem para o Brasil com uma seleção renovada. Cesare Prandelli preteriu os veteranos Totti e Di Natale, apostando nos garotos Insigne e Immobile. Perdeu o titular Montolivo às vesperas do torneio, completando o elenco com Parolo, do Parma. Acredito na classificação da Azzurra, mas com acho que para a próxima Copa esteja mais bem preparada para disputar o título.

Blog C. Fernando

Administrador; 26 anos; Católico; Apaixonado por Eduarda Guidarini; Fanático por futebol; Futebol bonito não é melhor que o eficiente; Penalti não é loteria, mas sim treinamento e competência; Torcedor do Avaí, Real Madrid e Fiorentina.

0 comentários: