Top 10 contratações do Campeonato Alemão para esta temporada

10 - Barnetta (Schalke 04 - Eintracht Frankfurt): Meia ambidestro Suiço, dotado de muita técnica e bons chutes. Brilhou atuando pelo Leverkusen, atuando por sete temporada consecutivas no time. Na temporada passada transferiu-se para o Schalke, onde não conseguiu repetir o sucesso e acabou ficando no banco do time de Gelsenkirchen. Agora, emprestado ao Frankfurt, tem tudo pra brilhar e recuperar seu bom futebol.


9 - Djourou (Arsenal - Hamburgo): Suíço, assim como Barnetta, Djourou jogará no Hamburgo por empréstimo. Zagueiro forte, veloz e experiênte, apesar de ter apenas 26 anos. Surgiu bem no time de Londres, mas demonstrou muita inconstância com a camisa dos Gunners. 


8 - Di Santo (Wigan - Werder Bremen): Atacante argentino de grande estatúra. Transferiu-se para o Chelsea em 2008, mas sem sucesso foi para o Wigan, onde vingou o esperado e fez boas temporadas. Chega a Bremem para substituir o bom atacante austríaco Arnautovic, que foi para o Stoke City.


7 - Felipe Santana (Dortmund - Schalke 04): Reserva de luxo do Borussia Dortmund, resolveu abandonar o banco para buscar titularidade na zaga do Schalke. Convenhamos que com Subotic e Hummels fica realmente muito difícil alguém ser titular. Desde que saiu do Figueirense, o zagueirão atuou por 5 anos no Borussia, marcando 6 gols, inclusive, um deles inesquecível para os torcedores, contra o Málaga pelas quartas de finais da Liga dos Campeões no último minuto de jogo.


6 - Luiz Gustavo (Bayern - Wolfsburg): Volante titular da seleção brasileira, Luiz Gustavo dificilmente teria chances no time de Munique. Primeiramente por não agradar muito o técnico Guardiola e depois pela concorrência com Schweinsteiger, Javi Martínes e Kross. O capitão dos lobos na temporada passada era Josué, que agradava muito por lá, mas como voltou para o Brasil para jogar no Atlético Mineiro, o Wolfsburg resolveu investir forte no mercado em um volante de características parecidas. Disputando contra Arsenal e Barcelona, o time alemão assegurou a contratação do volante brasileiro, que ficou muito valorizado após a excelente Copa das Confederações que fez.


5 - Mkhitaryan (Shakhtar - Dortmund): Filho do ex atacante da Seleção Armena, Hamlet Mkhitaryan, foi artilheiro do último campeonato ucraniano, marcando 25 gols. Pode jogar como meia e como atacante também. Uma curiosidade que poucos sabem, é que em 2003, quando o São Paulo tinha um projeto de intercâmbio com o governo da Armênia, Mkhitaryan chegou com um grupo de garotos para realizar treinamentos com a base do tricolor. Ficou 4 meses e chegou a treinar na equipe infantil. Porém, devido ao baixo aproveitamento nos treinos, o armênio foi mandado de volta ao seu clube de origem, o Pyunik. Vêm se destacando muito neste início de temporada pelo time alemão.


4 - Aubameyang (Saint-Etienne - Dortmund): Atacante gabonês, foi ídolo no Saint-Etienne da Franca. Se trata de um jogador extremamente veloz, habilidoso e finalizador. Em treinamentos na França, foi constatado que possui um tempo de 30 metros de corrida maior que o de Bolt. Assim como Mkhitaryan, também é filho de um ex jogador. Logo em sua estréia, na primeira rodada da Bundesliga, marcou 3 gols. 


3 - Thiago Alcântara (Barcelona - Bayern): O chefão Guardiola pediu e a diretoria do Bayern foi atrás de Thiago até tirá-lo do clube catalão. Alcântara foi levado ao time principal do Barcelona quando o treinador era o espanhol. O filho de Mazinho assinou contrato de quatro anos e o valor pago foi de R$ 73,8 milhões. Meia da seleção espanhola, Thiago possui muita técnica, passe refinado e categoria nas bolas paradas.


2 - Prince Boateng (Milan - Schalke 04): Boateng é um grande jogador. Gosto muito do seu estilo de jogo, principalmente por aliar velocidade, técnica e força, além de ser um jogador muito raçudo. Foi a grande contratação realizada pelo Schalke 04 nesta janela, e a maior perda do Milan, que preferiu abrir mão do ganês para concluir o retorno de Kaká. 


1 - Gotze (Dortmund - Bayern): Maior promessa do futebol alemão dos últimos tempos, Gotze jogará agora pelo maior campeão alemão. Sua saída foi reprovada em Dortmund pela torcida, que queimou camisas, chamou o jogador de Judas... O acerto, que foi comunicado ainda antes da final da Champions League, entre os dois clubes, foi em torno de R$ 97 milhões. A expectativa agora é de que o craque não se lesione, como de costume, e tenha uma boa sequência de jogos.

Blog C. Fernando

Administrador; 26 anos; Católico; Apaixonado por Eduarda Guidarini; Fanático por futebol; Futebol bonito não é melhor que o eficiente; Penalti não é loteria, mas sim treinamento e competência; Torcedor do Avaí, Real Madrid e Fiorentina.

0 comentários: