Seleção da Décima Oitava Rodada do Brasileirão

1 - Galatto (Criciúma) - Fez boas defesas durante todo o jogo, principalmente no primeiro tempo. No segundo tempo defendeu um penalti cobrado por Rogério Ceni. Nota: 8.

2 - Ceará (Cruzeiro) - Não comprometeu na defesa. Cobra bons laterais. Deu o cruzamento para o gol de Éverton Ribeiro. Nota: 7.

3 - Dedé (Cruzeiro) - Uma partida ao melhor estilo Dedé dos tempos de Vasco. Foi um grande guerreiro em campo, anulando Fernandão e ainda participando do terceiro gol da equipe. Nota: 8. 

4 - Ernando (Goiás) - Foi excelente na marcação. Machucou-se no fim do jogo, porém continuou em campo, se sacrificando pela equipe. Nota: 7,5

5 - Marlone (Vasco) - Raçudo, ajudou na marcação e na criação ao time. Fez dois gols e colocou uma correria junto com Willie e Dakson. Nota: 8.

6 - Juan (Vitória) - Errou no lance do primeiro gol, mas se redmiu apoinado bastante, e de tanto ajudar no ataque fez um belo gol. Nota: 6,5 

7 - Hyuri (Botafogo) - Logo na sua estreia fez um partidaço! 2 belos gols, foi pra cima da zaga do adversário e não se intimidou. No primeiro gol mostrou que sabe cabecear muito bem. E no segundo, além da pintura, com os dribles e o giro executado, foi persistente na dividida. Nota: 8,5.

8 - Wagner (Fluminense) - Fez ótima partida. Ficou responsável pela armação do time, correu muito durante todo o jogo e deu bons passes. Iniciou a jogada do próprio gol. Nota: 8.

9 - Hernane (Flamengo) - Mostrou mais uma vez extrema categoria nas finalizações, garantindo a vitória. Nota: 8.

10 - Ronaldinho (Atlético Mineiro) - Sem muito brilho com a bola rolando, mas genial com ela parada. Duas lindas cobranças de falta do gaúcho. Nota: 8.

11 - Walter (Goiás) - Está jogando o "fino" da bola, ou melhor, o "cheio" da bola! Marcou os dois gols da partida. No primeiro aproveitou o erro da zaga gremista, finalizando com muita eficiencia. No segundo gol, ao seu melhor estilo, matando a bola de costa para a zaga, ganhando na força e soltando o pé. A torcida chegou até a gritar "Tufão é seleção", em sua homenagem. Convenhamos que entre Alexandre Pato, que está bem abaixo de Walter e ainda sim foi convocado, apoio o apelo da torcida do Goiás. Nota: 8,5

TÉCNICO: Guto Ferreira (Portuguesa) - Já conhecendo o adversário, colocou em campo um time aguerrido, anulando as principais peças da Ponte Preta e ainda aproveitando os vacilos da defesa. Nota: 8.

Blog C. Fernando

Administrador; 26 anos; Católico; Apaixonado por Eduarda Guidarini; Fanático por futebol; Futebol bonito não é melhor que o eficiente; Penalti não é loteria, mas sim treinamento e competência; Torcedor do Avaí, Real Madrid e Fiorentina.

0 comentários: