Seleção da Décima Quarta Rodada do Brasileirão

1- Helton Leite (Criciúma) - Mostrou muita segurança dentro da area com boas saídas, boas defesas e boa reposição de bola. Nota: 8.

2- Fagner (Vasco) - Apesar de deixar espaços nos avanços, como sempre, foi uma boa opção de ataque. Deu bons cruzamentos e foi o jogador que mais ofereceu perigo ao Peixe. Nota: 6,5

3- Leonardo Silva (Atlético Mineiro) - Perfeito na zaga e ainda fez o primeiro gol do time. Nota: 9.

4- Leonardo (Criciúma) - Foi o melhor homem em campo. Eficiente na defesa. Ainda aventurou-se no ataque e marcou o terceiro gol do clube catarinense. Nota: 8,5

5- Vânder (Vitória) - Quando Maxi não se destaca, alguém tem que decidir, e contra a Ponte o Vânder fez o papel esperado. Driblou, correu muito, ajudou na marcação e no ataque, sem falar no belíssimo gol. Nota: 8.

6- Marlon (Criciúma) - Fez um belo gol para a equipe. Contribiui bastante com a marcação e até a armação da equipe. Nota: 7,

7- Walter (Goiás) - Novamente o melhor jogador do Goiás em campo. Brigou muito com os zagueiros do Flamengo e fez um golaço. Nota: 8.

8- Seedorf (Botafogo) - Controlou a forma como o Botafogo jogou, mudando o ritmo do time conforme o resultado se apresentava. Fez um gol e praticamente não erra passes, sendo que quase todas as bolas passam por ele. Nota: 8.

9- Vitinho (Botafogo) - Evoluindo a cada jogo, hoje é uma das melhores promessas do futebol brasileiro. Correu o tempo todo, deu bons passes e melhor, bons chutes, que resultaram em 2 gols. Nota: 9.

10- Ronaldinho (Atlético Mineiro) - Novamente jogou muita bola o gaúcho. Cruzou para o primeiro gol, abusou dos dribles, lançamentos e passes. Surpreendeu com o novo sorriso. Nota: 8.

11- Barcos (Grêmio) - Mostrou toda a categoria que possui com um golaço. De resto, procurou muito o jogo como sempre, criou lances de perigo e movimentou-se muito. Nota: 8.

TÉCNICO: Vadão (Criciúma) - Precisando da vitória, o técnico do time catarinense colocou um time ofensivo em campo, explorando a fraca zaga do Náutico. Nota: 7.


Blog C. Fernando

Administrador; 26 anos; Católico; Apaixonado por Eduarda Guidarini; Fanático por futebol; Futebol bonito não é melhor que o eficiente; Penalti não é loteria, mas sim treinamento e competência; Torcedor do Avaí, Real Madrid e Fiorentina.

0 comentários: