Seleção da Décima Primeira Rodada do Brasileirão

1- Wilson (Vitória) - Melhor em campo, fez o que pode no lance do gol da Lusa. Ótimas defesas durante todo o jogo. Nota: 8.

2- Mayke (Cruzeiro) - Grande atuação, preciosou correr muito durante o jogo, pois apoiou e defendeu muito. Cometeu algumas falhas na defesa, mas nada que comprometeu. No ataque além do passe para o gol, foi muito eficaz nas subidas. Nota: 8.

3- Gum (Fluminense) - Marcou o gol do tricolor carioca e por pouco não marcou mais um. Não deixou William jogar quase todo o jogo, mas em uma desatenção ficou parado e  matador da Ponte marcou. Nota: 7,5.

4- Gil (Corinthians) - Antecipações perfeitas. Zagueiro muito seguro e regular. Não deu espaços para Wellington Paulista. Nota: 8,5.

5- Juninho Pernambucano (Vasco) - É um espetáculo vê-lo em campo. Não erra passes e se entrega pelo time. No primeiro gol de André fez uma jogada de mestre no meio da zaga do Botafogo. Estava sofrendo com dores musculares antes dos 25 minutos do segundo tempo e mesmo assim foi guerreiro de continuar até o final. Nota: 8,5

6- Tarracha (Vitória) - Não foi bem na defesa, mas foi muito bem nos apoios e principalmente no golaço. Nota: 7,5.

7- Éverton (Atlético Paranaense) - Criou muitas jogadas para o furacão. Usou sua técnica para abrir os espaços na zaga do Goiás. Deu o passe para o primeiro gol Nota: 8.

8- Elias (Flamengo) - Atuação de gala do meia. Marcou muito, armou jogadas e fez um gol. Vitalidade surpreendente. Nota: 9,5.

9- Rafael Marques (Botafogo) - Que fase vive o atacante do fogão! Jogando muita bola, procurando sempre movimentar-se, infernizou a zaga do Vasco e marcou dois belos gols. Nota: 9.

10- Renato Augusto (Corinthians) - Além do golaço da rodada, fez grande partida. Acertou quase todos os passes, foi veloz nas arrancadas e inteligente na organização do time. Nota: 8,5.

11- André (Vasco) - Não teve uma atuação brilhante, mas fez os dois gols do Vasco e brigou muito em campo. Nota: 8.

TÉCNICO: Mano Menezes (Flamengo) - Armou um time raçudo em campo, procurando fechar os espaços do Galo e principalmente não deixar os jogadores velozes se criarem. Nota: 8


Blog C. Fernando

Administrador; 26 anos; Católico; Apaixonado por Eduarda Guidarini; Fanático por futebol; Futebol bonito não é melhor que o eficiente; Penalti não é loteria, mas sim treinamento e competência; Torcedor do Avaí, Real Madrid e Fiorentina.

0 comentários: