Seleção da quinta rodada do Brasileirão


1- Muriel (Internacional) -Fez duas grandes defesas e foi muito seguro, sem nenhuma culpa nos gols sofridos. Nota: 7,5.
 
2- Vitor (Goiás) -Esteve bem na defesa e ainda fez o gol do Goiás com muita categoria na saída de Ricardo Berna, na única chance que o time teve. Nota: 8.


3- Samir (Flamengo) -Surpreendeu a todos com sua atuação, pois apesar de muito novo, jogou com um xerifão experiente na zaga do Rubro-negro. Nota: 7,5.


4- Valdomiro (Portuguesa) - Ganhou todas as bolas e divididas com os jogadores do Corinthians, tanto por cima, como por baixo. Nota: 8.


5- Elias (Flamengo) -Jogou fácil, com muita liberdade. Deu a assistência para o primeiro gol e correu muito. Nota: 8.

6- Egídio (Cruzeiro) - Foi muito ofensivo na partida e não comprometeu atrás. Chegou com facilidade pelas laterais, realizando bons cruzamentos e criando boas oportunidades. Nota: 7.


7- Gabriel (Flamengo) -Acabou com o jogo no segundo tempo. Muito veloz e talentoso, não é a toa que fez um golaço olímpico. Nota: 8,5.

8- Seedorf (Botafogo) - Fez o gol mais bonito da rodada. Bateu o escanteio para o segundo gol e comandou o jogo, ditando o ritmo da partida e fazendo o tempo passar com seus toques de maestro. Nota: 9.


9- Deivid (Coritiba) -Fez o gol da vitória, mas o mais importante a se destacar foi a garra e entrega ao time, inclusive participando de situações onde ajudou na marcação e afastando perigos. Nota: 8.

10- Rafael Sóbis (Fluminense) -Fez um golaço, na hora certa, dando moral para que o time buscasse a virada mesmo com um a menos. Lutou muito, principalmente por ter ficado isolado na frente após a expulsão tola de Rhayner. Nota: 9.

11- Maxi Biancucchi (Vitória) -Deitou e rolou pra cima da zaga do Furacão. Fez um belo gol e foi o melhor jogador em campo. Vive grande momento pelo time baiano. Nota: 9.

Tecnico: Abel Braga (Fluminense) – Foi muito feliz nas alterações, principalmente por estar com um homem a menos durante todo segundo tempo. Não correu riscos apesr de sofrer um gol. Encorajou a equipe e os garotos que lançou na partida. Nota: 8.



Blog C. Fernando

Administrador; 26 anos; Católico; Apaixonado por Eduarda Guidarini; Fanático por futebol; Futebol bonito não é melhor que o eficiente; Penalti não é loteria, mas sim treinamento e competência; Torcedor do Avaí, Real Madrid e Fiorentina.

0 comentários: