Crise em Criciúma

A crise bateu no sul do estado, e o clima ficou pesado no Criciúma. Mais uma derrota, agora para o Metropolitano, e não só o técnico Paulo Comelli caiu, mas sim toda a comissão técnica, com excessão apenas do treinador de goleiros. A surpresa foi que até o gerente de futebol, Rodrigo Pestana, que foi muito elogiado pelas contratações do ano passado, que levaram o clube a elite do futebol brasileiro, foi mandado embora. O que foi alegado é que Pastana trouxe este ano jogadores fora de forma e que ficaram muito tempo parados. O substituto tem tudo pra ser Cícero Souza, que saiu do Sport Recife no fim do ano de 2012. Tudo indica que se Cícero chegar, Sérgio Guedes possa ser o novo treinador, porém o nome de Renato Gaúcho ficou forte nos bastidores, e ele gostou do interesse. Todo alvoroço começou na noite de ontem, quando o vice presidente Arnaldo Angeloni exigiu a demissão de todos estes profissionais, e demonstrou insatisfação com o time que precisa se recuperar logo, tendo em vista que dentro de alguns meses já precisa formar um bom time para o Brasileirão e a Copa do Brasil. Porém dentro de tantas mudanças e má notícias para a torcida do Tigre, antes de ser demitido Rodrigo Pastana ainda trouxe dois bons reforços ao clube. Se tratam de Reis e Ferrugem. O primeiro com passagens por Cruzeiro e Ponte Preta, é atacante e tem bom faro de gol, alto e que possui caractrísticas parecidas com a de Zé Carlos. Já Ferrugem é mais rodado, jogou com o Felipão no Palmeiras, estava jogando na Europa há alguns anos, mais precisamente no Lousanne da Suíça. O clube ainda deseja contratar Lúcio Maranhão, que foi muito bem na série B do ano de 2012 pelo ASA, porém Lúcio pertence agora ao Vitória e as negociações com o clube baiano estão "emperrando". Essa mudança ao meu ver foi tardia. Não sei se demitir a comissão técnica vai mudar muita coisa, pois essa mesma comissão já havia feito um bom ano de 2012, inclusive Pastana trouxe bons reforços. Mas o técnico Comelli já deveria ter sido demitido na derrota para o Guarani de Palhoça em casa, onde foi nitidamente pecebido que as coisas já não dariam mais certo. Se vier qualquer um dos técnicos que estão sendo especulados, prometem bom trabalho. Tanto Sérgio Guedes, como Renato Gaúcho já se mostraram competentes e possuem uma caractrística que agrada a torcida do Tigre. Cícero Souza fez um bom trabalho no Sport, apesar do rebaixamento, trazendo bons reforços. O fato é que o catarinense agora deve servir de base pro Criciúma formar um time e brigar pra se mantêr na Série A do Brasileirão.

Paulo Comelli, desta vez pegando ônibus para não voltar mais


Blog C. Fernando

Administrador; 26 anos; Católico; Apaixonado por Eduarda Guidarini; Fanático por futebol; Futebol bonito não é melhor que o eficiente; Penalti não é loteria, mas sim treinamento e competência; Torcedor do Avaí, Real Madrid e Fiorentina.

Um comentário:

  1. A coisa está feia para os "grandes" times catarinenses mesmo. É a hora do Criciúma mudar, senão já era série A. Excelente post.

    ResponderExcluir