Vergonha e raça

Estas são as palavras que resumem o jogo de Guarani de Palhoça e Avaí nesta última quarta feira. Do lado do Guarani, primeiramente, fez um ótimo primeiro tempo, onde marcou três gols no erro da defesa do Leão e não deixou o adversário penetrar sua zaga. Porém no segundo tempo jogou como um "timinho", e se amedrontou diante da forma como o Avaí se impôs na volta do intervalo. Deveria ter explorado contra-ataques e matar o jogo com o quarto gol. Pelo lado Azurra, é com extrema decepção que lamento a qualidade do elenco formado para este ano. Uma defesa confusa, que tem altos e baixos no campeonato e que mostrou nos úlimos dois jogos problemas. Contra o Metropolitano, na derrota por 2x1 dentro da Ressacada, a defesa foi "tirada pra dançar" com as jogadas de Rafael Costa, mostrando uma enorme lentidão. Já não bastava este problema, ontem sofreu dois gols de bola aérea. Se não ganha por cima, nem por baixo, complica. Eduardo Costa já não pode mais dar a desculpa de que está fora de forma, pois já teve tempo de sobra pra estar bem fisicamente, e Marrone que começou bem, vem caindo de produção. A salvação é como sempre Marquinhos, jogador que sempre honrou e vai honrar a camisa do seu clube, demonstrou mais uma vez na partida de ontem, onde lutou até o final pelo resultado, além de estar muito bem técnica e fisicamente. Paulinho agradou na lateral esquerda, também não precisa muito pra ser melhor que Aelson. Por fim o ataque que continua a mesma coisa, ninguém se salva, Danilo e Rodriguinho pelo menos têm vontade, diferente de Adriano Chuva, que veio a passeio para Floripa. Não dá para cobrar muito de Sérgio Soares pelo elenco que possui, o que o Avaí precisa mesmo é de pelo menos 4 reforços de qualidade. Roberson chegou, mas não da pra torcida esperar muito até vê-lo jogar, pois já rodou alguns clubes como Grêmio, Juventude e Sport, com pouco sucesso, porém a esperança é a última que morre. 


Blog C. Fernando

Administrador; 26 anos; Católico; Apaixonado por Eduarda Guidarini; Fanático por futebol; Futebol bonito não é melhor que o eficiente; Penalti não é loteria, mas sim treinamento e competência; Torcedor do Avaí, Real Madrid e Fiorentina.

Um comentário:

  1. Realmente o time do Avaí tem uma qualidade técnica muito ruim, pior até do que ano passado. O time continua investindo em apenas um jogador de destaque, que ano passado era Cleber Santana e agora é Marquinhos, sendo que um só não pode jogar sozinho. O time tá muito sem vontade e sem nenhum entrosamento, chega a dar raiva de ver. Tudo bem que antes subir para a série A do que ganhar um catarinense, mas com um time desses o Avaí que "faz côsa" não vai é fazer nada. Excelente análise do jogo.

    ResponderExcluir