Seleção da Décima Quarta Rodada do Brasileirão 2016

1 - Diego Cavalieri (Fluminense): Atuação perfeita do goleiro do Tricolor. Foi um "monstro" de baixo das traves e fez defesas de muita dificuldade. Nota: 10.

2 - Ayrton (Figueirense): Foi discreto na maior parte do jogo e não cometeu nenhuma falha que comprometesse o time. No segundo tempo, marcou um belo gol. Nota: 7,5.

3 - Lyanco (São Paulo): O ataque do Coelho foi quase inofensivo, pois não passava do meio de campo, mas Lyanco esteve bem posicionado. Com espaço, mostrou que também sabe jogar com a bola nos pés, marcando um belo gol. Nota: 8,5.

4 - Réver (Flamengo): Foi um "gigante" contra seu ex clube, ganhando tudo por cima e por baixo. Nota: 8,5.

5 - Walace (Grêmio): Experiente em enfrentar o Figueirense, pois era jogador da base do Avaí, comandou seu time ao triunfo. Bons passes e desarmes no meio de campo, além de um belo gol. Nota: 8,5.

6 - Uendel (Corinthians): Defensivamente não teve problemas, e quando subiu ao ataque, incomodou o adversário. Nota: 7.

7 - Felipe Vizeu (Flamengo): Procurou jogo e esteve bem colocado para fazer duas finalizações precisas. Nota: 8,5.

8 - Galhardo (Ponte Preta): Deu um show, com dribles desconcertantes e bons passes. Fez a assistência para o gol de Pottker. Nota: 8,5.

9 - André Lima (Atlético Paranaense): Entrou no lugar de Walter para mudar o jogo. Ajudou na criação de jogadas e fez o que se esperava dele, gols. Foi praticamente perfeito em seu período em campo. Nota: 9,5.

10 - Marquinhos Gabriel (Corinthians): Era o jogador mais procurado pelos colegas, tendo assim a responsabilidade de criar as jogadas. Em uma bonita finalização, marcou o segundo gol do Timão. Nota: 8.

11 - Alan Kardec (São Paulo): Foi muito participativo e mostrou muita vontade de espantar a má fase que lhe assombrava. Com duas boas finalizações, marcou duas vezes. Nota: 8,5.

TÉCNICO: Paulo Autuori (Atlético Paranaense): Corajoso, colocou quatro homens de frente quando o jogo estava 0x0, e mesmo vencendo, não deixou de atacar, tanto é que saiu de campo com um belo resultado. Nota: 9.


Blog C. Fernando

Administrador; 26 anos; Católico; Apaixonado por Eduarda Guidarini; Fanático por futebol; Futebol bonito não é melhor que o eficiente; Penalti não é loteria, mas sim treinamento e competência; Torcedor do Avaí, Real Madrid e Fiorentina.

0 comentários: