Seleção da Sexta Rodada do Brasileirão 2016

1 - Wilson (Coritiba): Salvou o coxa durante o jogo, com muitas defesas importantes. Não teve o que fazer nos gols do adversário. Nota: 8.

2 - Patric (Atléitco Mineiro): Sempre fazendo uma "correria" e aparecendo pro jogo, novamente ajudou nas situações de ataque da equipe. Marcou um dos gols do Galo, mandou uma bola na trave e variou posições durante a partida. Nota: 8.

3 - Maicon (São Paulo): "Gigante", ganhou todas dos atacantes cruzeirenses e comandou a defesa tricolor. Nota: 8.

4 - Geromel (Grêmio): Em grande fase,  fez mais uma grande partida defensiva, marcando muito bem e fazendo cortes providenciais. Nota: 8,5. 

5 - Deivid (Atlético Paranaense): Não é muito a dele, mas marcou o gol da vitória, e que gol! Como sempre, foi um "pitbull" na marcação. Nota: 8,5.

6 - Uendel (Corinthians): Encarnou o espírito da vitória no Timão, e com duas lindas jogadas decidiu o jogo. Primeiro deu a assistência para André empatar, e logo depois construiu o lance que ele mesmo finalizou de cabeça. Nota: 9.

7 - Vitor Bueno (Santos): Novo destaque da Vila, vem sendo o craque do time na competição. Foi o maior criador de jogadas e o autor do primeiro gol do time, dando até um chapéu no goleiro do Botafogo. Nota: 8.

8 - Marinho (Vitória): Muita valente, brigava por toda bola no meio campo. Deu dribles e passes de qualidade, e foi o autor do gol do triunfo. Nota: 8.

9 - Gabriel Jesus (Palmeiras): Nome da partida, inaugurou o placar. Fez jogadas pelas pontas, pelo meio, protegeu a bola e sofreu o pênalti convertido por Jean. Nota: 8,5.

10 - Diego Souza (Sport): Chamou pra si a responsabilidade de criar as jogadas e teve sucesso ao participar dos gols. Também foi voluntarioso na marcação e para finalizar, marcou um belíssimo gol de falta. Nota: 8,5.

11 - Robinho (Atlético Mineiro): Atuação incrível do craque. Marcou dois gols de pênaltis que ele mesmo sofreu, e deu duas assistências. Nota: 10.

TÉCNICO: Tite (Corinthians): Quando tudo parecia perdido, o comandante acertou nas alterações táticas e dos atletas, virando o jogo. Nota: 8.


Blog C. Fernando

Administrador; 26 anos; Católico; Apaixonado por Eduarda Guidarini; Fanático por futebol; Futebol bonito não é melhor que o eficiente; Penalti não é loteria, mas sim treinamento e competência; Torcedor do Avaí, Real Madrid e Fiorentina.

Um comentário: