Seleção da Décima Sexta Rodada do Brasileirão 2015

1 - Alisson (Internacional): Salvou o Colorado com pelo menos três grandes defesas. Nota: 8.

2 - Arnaldo (Joinville): Não teve problemas na marcação, fechando bem os espaços de seu setor. Ao subir para o ataque, cruzou a bola que resultou no primeiro gol. Também deu boas arrancadas. Nota: 7,5.

3 - Marquinhos (Figueirense): Além de ser o grande "paredão" da defesa, afastando perigos e liderando o time, marcou o gol mais importante do jogo, recolando seu time a frente do placar. Nota: 8.

4 - Gil (Corinthians): Atuação muito segura, com boa marcação e pouco trabalho. Ao cruzar uma bola para o meio da área, acabou marcando um belo gol. Nota: 8.

5 - Elias (Corinthians): Incansável, marcou muito bem, desarmou e ajudou na criação de jogadas. Para melhorar ainda mais sua atuação, fez um belo gol no final. Nota: 9.

6 - Renê (Sport): Teve boas investidas ao ataque na partida, mas se destacou bela boa marcação e pelos desarmes. Nota: 7,5.

7 - Marcos Júnior (Fluminense): Foi o nome do jogo ao fazer o gol da vitória. Também teve muita disposição e movimentação. Nota: 8.

8 - Lucas Lima (Santos): Fez um ótimo segundo tempo, participando bastante do jogo. Cobrou o escanteio que resultou no gol de Ricardo Olivera e marcou o gol de empate do Peixe. Nota: 8.

9 - Lucas Pratto (Atlético Mineiro): Deu um show, marcando três gols de puro oportunismo e brigando muito pela vitória. Nota: 9,5.

10 - Giovani Augusto (Atlético Mineiro): Comandou a meia cancha do Galo com passes bons e contra-ataques. Deu duas assistências para Pratto marcar. Nota: 8,5.

11 - Emerson Sheik (Flamengo): Foi muito valente, lutando e vibrando muito em campo. Deu boas arrancadas e passes. Marcou o segundo gol do Fla. Nota: 8.

TÉCNICO: Milton Mendes (Atlético Paranaense): Seu time jogou duas partidas fora de casa e venceu as duas. Diante do Palmeiras, não deixou os meias adversários criarem e fechou as laterais. Explorando contra-ataque levou perigo. Ao colocar Walter em campo, consagrou-se, já que o atacante marcou o gol do triunfo. Nota: 9.


Blog C. Fernando

Administrador; 26 anos; Católico; Apaixonado por Eduarda Guidarini; Fanático por futebol; Futebol bonito não é melhor que o eficiente; Penalti não é loteria, mas sim treinamento e competência; Torcedor do Avaí, Real Madrid e Fiorentina.

0 comentários: