Seleção da Sexta Rodada do Brasileirão 2015

1 - Rogério Ceni (São Paulo): Não fez grandes defesas, mas foi seguro. Ainda marcou o gol que fechou o placar. Nota: 7,5.

2 - Rodinei (Ponte Preta): Boa partida, movimentando-se muito, principalmente no ataque. Acerto um bom cruzamento no gol de Renato Cajá. Nota: 7,5.

3 - Pablo (Ponte Preta): Teve uma grande noite, marcando Ricardo Oliveira com muita eficiência. Cortou lances de perigo e venceu praticamente tudo na bola aérea. Nota: 8.

4 - Antônio Carlos (Fluminense): Soberano nas bolas aéreas, recurso mais utilizado pelo Sport Recife. Muitos cortes e desarmes eficientes. Nota: 8.

5 - Willians (Cruzeiro): Foi muito guerreiro, vencendo as disputas pela bola no meio de campo com grandes desarmes e cortes providenciais. Também se apresentou no ataque, distribuindo bons lançamentos. Nota: 8,5.

6 - Romário (Avaí): Foi o jogador mais acionado da partida, puxando contra-ataques e dando bons passes. Defensivamente também fez uma boa partida. Nota: 7,5.

7 - Vitinho (Internacional): Jogador que mais correu em campo, com muita mobilidade e disposição. Tabelou e deu bons passes aos companheiros e marcou um golaço. Nota: 8.

8 - Jadson (Corinthians): Conduziu o time, com organização e criatividade. Marcou um golaço e definiu o placar. Nota: 8.

9 - Clayton (Figueirense): Com muita velocidade e poder de articulação, incomodou o sistema defensivo palmeirense todo o jogo. Deu as duas assistências para os gols da equipe. Nota: 8,5.

10 - Renato Cajá (Ponte Preta): Novamente o meia brilhou. Fez um ótimo segundo tempo, com bons passes, dribles e lançamentos. Deu a assistência para o gol de Biro-Biro e marcou um de cabeça. Nota: 8,5.

11 - Geuvânio (Santos): Chamou a responsabilidade e tentou resolver o jogo de todas as formas possíveis. Marcou um belo gol e sofreu dois pênaltis. Nota: 8,5.

TÉCNICO: Vanderlei Luxemburgo (Cruzeiro): Com as últimas atuações de gala do Galo, ficou difícil encontrar falhas no time, mas Luxa identificou-as e jogou exatamente em cima destes pequenos erros, triunfando. Nota: 9.


Blog C. Fernando

Administrador; 26 anos; Católico; Apaixonado por Eduarda Guidarini; Fanático por futebol; Futebol bonito não é melhor que o eficiente; Penalti não é loteria, mas sim treinamento e competência; Torcedor do Avaí, Real Madrid e Fiorentina.

0 comentários: