Pensar com os pés: Allan Percy

Terminei de ler este livro e muito tenho a comentar sobre ele. O autor Allan Percy, tirou lições de importantes frases ditas por profissionais do futebol, fazendo com que a leitura seja compreensiva até para os que não gostam do esporte. No livro, 50 frases são apresentadas, comentadas, "traduzidas" para nosso cotidiano, e ainda é tirada uma moral, chamada de lei esférica, de cada uma das passagens. Ao meu ver, a motivação e o encorajamento são os principais alvos de Allan, que nos mostra que é possível conquistar o que desejamos. Apesar de falar sobre futebol, acredito que pode interessar a todas as pessoas, de operárias à administradoras, agrupando métodos e atalhos para o sucesso. Para citar um exemplo do que é passado pelo autor, citarei uma das frases e a conclusão obtida:

"Dar um passe de letra não é um sinal de preciosismo nem sinal de habilidade, é simplesmente uma demonstração de que a sua outra perna não serve pra nada." (Claudio Borghi).

Borghi foi um dos grandes especialistas em executar passes de letra, pouco errava e ainda alegrava a torcida com este tipo de lance. O ex-meia argentino, pouco usava sua perna esquerda, mas quando precisava dela improvisava. Esse improviso surge de uma carência, mas acaba sendo um momento genial. Na vida, muitas vezes não conseguimos realizar alguma tarefa necessária da maneira tradicional, e ao invés de desanimar e desistir, é possível inovar e conseguir êxito. Allan Percy nada mais está encorajando seu leitor a criatividade.

" A criatividade pode converter nossos problemas em soluções brilhantes." (Allan Percy).  

Blog C. Fernando

Administrador; 26 anos; Católico; Apaixonado por Eduarda Guidarini; Fanático por futebol; Futebol bonito não é melhor que o eficiente; Penalti não é loteria, mas sim treinamento e competência; Torcedor do Avaí, Real Madrid e Fiorentina.

0 comentários: