Vai começar o Campeonato Catarinense 2014

Pela primeira vez teremos três clubes caarinense na primeira divisão do Campenato Brasileiro, e somando os outros dois fortes times que estão na Série B, é bem possível que esta seja a edição mais competitiva dos últimos anos. Abaixo apresentarei as principais contratações e perdas das equipes até o momento, assim como a provável escalação dos times.

Atlético Ibirama: O técnico mudou para essa temporada: sai de cena Mauro Ovelha para dar lugar a Giovani Nunes. Com o percentual recebido na venda de Leandro Damião, que foi revelado pela clube, o Atlético Ibirama fez boas contratações para esta temporada. As principais são: Brasão (atacante ex-Santa Cruz), Christian (atacante ex-Avaí), Lucas Campestrini (zagueiro ex-Blumenau), Thiago Couto (zagueiro ex-Brusque), Breno (volante ex-Inter de Lages), Rodrigo Couto (meia ex-Ypiranga), Marcelinho (meia ex-Concordia) e Ney (goleiro ex-Blumenau). Pode pintar como a zebra do campeonato, e assim chegar a fase final da competição.


Avaí: O leão da ilha resolveu apostar na renovação de seu grande meia Cléber Santana e nos bons valores de sua categoria de base. O técnico agora é o auxiliar de Hemerson Maria, Emerson Nunes. Marquinhos com contrato até maio e Eduardo Costa com contratao até o fim de 2014, também disputarão o campenato pelo maior campeão do estado. Os principais jogadores que saíram do Avaí foram: Anderson Uchoa (Criciúma), Aelson (XV Piracicaba), Alê, Marcio Diogo (São Bernardo), Ricardinho, Reis, Beto (ABC), Tauã (emprestado ao Marcílio Dias), Rodrigo Thiesen, Higor (voltando ao Fluminense), Alex Lima (Atlético Goianiense), Héracles (voltando ao Atlético Paranaense), Tiago (Treze). Os que chegaram são: Eduardo Neto (lateral ex-ABC), Rafinha (lateral ex-Joinville), Júlio Cesar (volante ex-Guaratinguetá), Héber (atacante ex-Figueirense), Bocão (lateral ex-Brasiliense), Tinga (volante ex-Figueirense), Paulo Sérgio (atacante ex-Paraná), Roberto (atacante ex-Ulsan) e Revson (volante ex-CSKA Sofia). Não posso dizer que o time está bom o suficiente para ser o campeão, mas se tratando do Avaí, que em outras edições parecia "morto" e mesmo assim chegou ao título, não podemos duvidar da força do time da capital. Ainda vejo carência na defesa, que será formada por dois jogadores que não fizeram um bom ano em 2013. A escalação para iniciar o campeonato deve ser: 1-Diego 2-Arlan 3-Pablo 4-Bruno Maia 6-Eduardo Neto 5-Eduardo Costa 7-Julio Cesar 10-Marquinhos 88-Cléber Santana 8-Luciano 11-Betinho.


Brusque: Voltando a elite do futebol catarinense, o Brusque teve como sua principal conquista a renovação do artilheiro Eydison. Outra negociação importante foi a chegada do técnico Pingo, que no campeonato de 2013 conseguiu mantêr o Juventus na primeira divisão. Chegaram para a temporada: Pessanha (zagueiro ex-Duque de Caxias), Júlio César (zagueiro ex-Guarani), Wanderson (goleiro ex-Coritiba), Gilton (lateral ex-Joinville), William Kiko (atacante ex-Joinville), Elielton (atacante ex-America RN), Rafael Bittencourt (meia ex-Joinville) e Aldair (atacante ex-Joiville). Apesar de fazer boas compras, o Brusque provavelmente brigue para não cair.


Chapecoense: Apesar das saídas de Diego Felipe (Bahia), Paulinho Dias (Atlético Paranaense), Bruno Rangel (Al-Khor) e Athos (Remo), a base foi mantida, assim como o "professor" Gilmar Dal Pozzo. O verdão do oeste vem fortemente como um dos favoritos da competição, até porque além de ter bom time, está na Série A do Brasileirão. Para encorpar o elenco, chegaram: Éverton Silva (lateral ex-Flamengo), Pirão (lateral ex-São Caetano), Dedé (volante ex-Santa Cruz), William Arão (volante ex-Corinthians), Diones (volante ex-Bahia), Roni (meia ex-São Paulo), Bergson (atacante ex-Grêmio) e Wescley (atacante ex-Betim). A escalação da equipe para iniciar o campeonato deve ser:  1-Nivaldo 2-Éverton Silva 3-Rafael Lima 4-André Paulinho 6-Fabinho Gaúcho 5-Wanderson 7-William Arão 8-Dedé 10-Neném 9-Rodrigo Gral 11-Roni.


Criciúma: O atual campeão foi o time que melhor se reforçou para o campeonato. As perdas foram muito grandes, como: Sueliton (Atlético Paranaense), Lins (Gamba Osaka), Wellington Paulista (Internacional), Ricardinho (Joinville), Serginho (Atlético Mineiro), Tiago Heleno (Figueirense), Helton Leite (Vasco), Marlon (Vasco), Fabinho (Guarani), Matheus Ferraz (FC Tokyo), Ewerton Pásco (Sport), Amaral (Ceará), Leandro Brasília (Ceará) e Morais, mas contrapartida, chegaram: Paulo Baier (meia ex-Atlético Paranaense), Lulinha (meia ex-Ceará), Thiago Humberto (meia ex-Ceará), Rafael Donato (zagueiro ex-Cruzeiro), Lucca (atacante ex-Cruzeiro), Fernando Karanga (atacante ex-Boa Esporte), Rogério (lateral ex-Portuguesa), Eduardo (lateral ex-Joinville), Ronaldo Alves (zaguerio ex-Internacional), Rodrigo Silva (atacante ex-ABC), Escudero (zagueiro ex-Coritiba) e Anderson Uchoa (volante ex-Avaí). O técnico também mudou, Argel foi dispensado e Ricardo Drubscky chegou para comandar o novo elenco. Ao meu ver, o Tigre é novamente o principal favorito para levantar a taça, principalmente pelos bons reforços que chegaram e irão se juntar aos que jogadore que sobraram do time que realizou o "milagre" de mantêr o clube na série A. A provável escalação para o jogo diante do Joinville, na Arena, será:  1-Gallato 2-Ezequiel 3-Fabio Ferreira 4-Escudero 6-Rogério 7-Anderson Uchoa 5-João Vitor 8-Thiago Humberto 10-Paulo Baier 9-Fernando Karanga 11-Lucca.


Figueirense: Há cinco anos sem títulos, o Figueira, que na temporada passada conseguiu acesso a série A, pretende iniciar bem o ano de 2014. Para isso, trouxe os seguintes reforços: Marcos Assunção (volante ex-Santos), Lúcio Maranhão (atacante ex-ASA), Giovanni Augusto (meia ex-Atlético Mineiro), Ivan (lateral ex-Atlético Paranaense), Raúl (zagueiro ex-Paysandú), Dudu (atacante ex-Bragantino), Ciro (atacante ex-Atlético Paranaense), Leandro Silva (lateral ex-América Mineiro) e Thiago Heleno (zagueiro ex-Criciúma). Porém, a intenção do Presidente de mantêr a maior parte do elenco que obteve o acesso ano passado, foi frustrada com as boas propostas chegadas. As principais perdas foram: Pablo (Real Madrid B), Rafael Costa (FC Seoul), Wellington Saci (Joinville), Héber (Avaí), Tinga (Avaí), Rodrigo Souto (Botafogo), Guti (Duque de Caxias) e Thiego (Kazhar Lankaran). Para mim, dos cinco grandes do estado, o Figueirense é o que começa atrás. Boa parte dos reforços serão incognitas, como Marcos Assunção, que no ano passado mal conseguiu jogar, devido as seguintes lesões. Thiago Heleno vive "rodando" clubes e sendo dispensado por eles. Ciro surgiu bem no Sport, mas após sair do Leão da Ilha do Retiro, não se firmou em lugar algum. Lúcio Maranhão é um bom finalizador, mas até hoje só conseguiu render no ASA. A boa notícia foi a permanência do sistema defensivo, que na arrancada final da Série B 2013, foi fundamental. Diante do Brusque, o time escalado por Vinícius Eutrópio deve ser:  1-Volpi 2-Leandro Silva 3-Nirley 4-Douglas Marques 6-Marquinhos 5-Rivaldo 7-Paulo Roberto  8-Giovanni Augusto 10-Everton Santos 11-Ciro 9-Lúcio Maranhão.


Joinville: O JEC fez um bom planejamento para o ano de 2014. Primeiramente anunciou o técnico Hemerson Maria como comandante, em seguida dispensou a maioria do elenco que fracassou em 2013 e manteve os jogadores jovens que causarm boa impressão. Sairam: Pará (Avaí), Eduardo (Criciúma), Fabinho Capixaba (Atlético Sorocaba), João Paulo (Paysandú), Sandro (Ceará), Diego Jussani (São Bernardo), Thiago Feltri (Atlético Goianiense), Marcus Vinícius (Comercial-SP), Ligüera (Fenix-URU), Wellington Bruno (Botafogo-SP), Jaílton (Luverdense), Carlos Alberto (Anápolis), Lima (Paysandú), Augusto Recife (Paysandú) e Kim. Chegaram ao clube: Tartá (meia ex-Goiás), Alex (atacante ex-Botafogo), Murilo (lateral ex-Guaratinguetá), Wellington Saci (lateral ex-Figueirense), Luciano (zagueiro ex-Avaí), Hygor (volante ex-Botafogo), Vitor Sonny (meia ex-Al-Shorta), Glaybson (volante ex-ASA) e Bruno Aguiar (zagueiro ex-São Caetano). No papel o time tem uma boa defesa, um grande camisa dez e atcantes velozes. Acho que falta um pouco mais de experiência no time, mas brigará por uma vaga para o quadrangular final. A possível escalação para iniciar o campeonato, será:  1-Ivan 2-Murilo 3-Luciano 4-Bruno Costa 6-Wellington Saci 5-Naldo 7-Hygor 10-Marcelo Costa 8-Francis 9-Clébinho 11-Edigar Junio.


Juventus: O Moleque Travesso, que ficou marcado em 2013 pelos problemas financeiros e administrativos, traz para essa temporada uma nova diretoria, comissão técnica e jogadores. Milton do Ó será o comandante da equipe, que será formada por jogadores experientes e rodados no futebol catarinense. Os jogadores mais conhecidos no elenco do Juventus são: Jabá (atacante ex-ASA, que jogou por muitos anos no futebol Turco), Thiago Constância (meia ex-Camburiú que teve passagens pelo futebol holandês e romêno), Marcelo Moscatelli (meia ex-Criciúma que estava no futebol libanês), Ânderson Pedra (volante ex-Joinville e já conhecido da torcida), Rodrigo Crasso (lateral ex-Atlético Paranaense) e Acássio (zagueiro). Mesmo sabendo que pode até surpreender, com o elenco montado para esse ano, se não cair já é um bom negócio.


Marcílio Dias: Diferente da maioria dos clubes catarinense, o marinheiro procurou trazer jogadores mais experiêntes. Além do técnico, Guilherme Macuglia, quem chegou ao clube foi: Fabiano Borges (goleiro ex-Criciúma), Rodolpho (goleiro ex-Chapecoense), Toninho (zagueiro ex-Bragantino), Baggio (zagueiro ex-Volta Redonda), Márcio Careca (lateral ex-Palmeiras), Thoni (lateral ex-Atlético Ibirama), Bruno Octávio (volante ex-Corinthians), Xipote (volante ex-Atlético Ibirama), Clebinho (meia ex-Avaí), Fabiano Silva (meia ex-Joinville), Harison (meia ex-Guarani), Tauã (atacante ex-Avaí), Schwenck (atcante ex-Figueirense) e Felipe Oliveira (atcante ex-Figueirense e já conhecido da torcida do Marcílio Dias). Pelos nomes, o Marcílio tem tudo para fazer um bom campeonato, porém como a maioria deles já possui uma idade avançada, podem não suportar a maratona de jogos, sofrendo com lesões. Tauã, que já mostrou ter potencial com a camisa do Avaí, pode ser a grande aposta do clube, já que ficará por empréstimo até o final da competição.

Metropolitano: O Metropolitano resolveu mantêr seus principais jogadores para este ano. Dida, Alessandro e Edmar ficaram, além do ténico Abel Ribeiro. Para completar o elenco, chegaram ao clube: Negreiros (atacante ex-Flamengo), Reinaldo (atcante ex-São Paulo, Flamengo e Figueirense), Maurinho (atacante ex-ABC), Éverton Cezar (meia ex-Chapecoense), Cícero (meia ex-Juventus-SC), Juliano Mineiro (meia ex-Fluminense), David (volante ex-São Paulo), Linno (zagueiro ex-Joinville) e João Paulo (goleiro ex-Joinville). O clube também contará com muitos garotos da categoria de base, mesclando a experiência do atcante Reinaldo e do lateral Alessandro com a juventude. Dos considerados "pequenos" de Santa Catarina, o Metropolitano é o que melhor está preparado para concorrer uma vaga no quadrangular.

Blog C. Fernando

Administrador; 26 anos; Católico; Apaixonado por Eduarda Guidarini; Fanático por futebol; Futebol bonito não é melhor que o eficiente; Penalti não é loteria, mas sim treinamento e competência; Torcedor do Avaí, Real Madrid e Fiorentina.

0 comentários: