Seleção da Vigésima Oitava Rodada do Brasileirão

1 - Cássio (Corinthians) - Em dia inspirado, fechou o gol do Corinthians com defesas seguras. Pra garantir o empate ainda pegou um penalti de Rogério Ceni. Nota: 9.

2 - Vitor (Goiás) - Foi bem na marcação, mas também apoiou muito. Fez um belíssimo lançamento para Walter marcar o segundo gol do Goiás. Nota: 8.

3 - Bressan (Grêmio) - Bem na defesa e no ataque, marcando o gol do Grêmio. Nota: 8.

4 - Manoel (Atlético Paranaense) - Teve muito trabalho com as investidas da Portuguesa no segundo tempo, onde o zagueirão foi firme nos desarmes e nas divididas, evitando as possibilidades de gol da Lusa. Nota: 7,5.

5 - Willians (Internacional) - Raçudo como sempre, Willians fez uma partida de muita vontade, marcação e desarmes. Ousado, o volante arriscou alguns chutes. Um de seus chutes resultou no terceiro gol da equipe. Nota: 8.

6 - Juan (Vitória) - No primeiro tempo ficou mais preocupado com a marcação. No segundo apareceu mais ao ataque. Deu a assistência do primeiro gol e começou a jogada do segundo. Nota: 8.

7 - Walter (Goiás) - Procurou fazer lances de pivô, fazendo a parede para os jogadores que vinham de trás. Sofreu muitas faltas e fez um belo gol. Nota: 8.

8 - D'alessandro (Internacional) - Destaque da partida, o gringo fez um golaço e deu uma assistência ao companheiro Otávio. Deu dribles, bons passes e segurou a bola, ditando o ritmo do jogo. Nota: 8,5.

9 - W. Paulista (Criciúma) - Participou dos três gols da equipe. Fez o primeiro aproveitando uma sobra. Começou a jogada do segundo gol, marcado por Lins. E fez o gol da vitória cobrando penalti com categoria. Nota: 8,5.

10 - Montillo (Santos) - Construiu as principais jogadas ofensivas do peixe, mesmo sofrendo com a marcação e as faltas recebidas. Cobrou a falta que originou o primeiro gol, e fez o segundo gol do time após jogada genial de Cícero. Nota: 9.

11 - Fernandinho (Atlético Mineiro) - Melhor jogador do clássico. Correu muito, buscou jogo, foi valente e criativo com a bola no pé. Decidiu o jogo com um gol sensacional, driblando Bruno Rodrigo e finalizando com muita felicidade. Nota: 9.

TÉCNICO: Clêmer (Internacional) - Colocou o time para frente assim que ficou com um homem a mais, goleando o lanterna Náutico. Nota: 7.


Blog C. Fernando

Administrador; 26 anos; Católico; Apaixonado por Eduarda Guidarini; Fanático por futebol; Futebol bonito não é melhor que o eficiente; Penalti não é loteria, mas sim treinamento e competência; Torcedor do Avaí, Real Madrid e Fiorentina.

0 comentários: