Seleção da Décima Nona Rodada do Brasileirão

1 - Gideão (Náutico) - Uma grande atuação. Fez pelo menos 4 grandes defesas e com isso o Náutico conseguiu um pontinho precioso. Nota: 8.

2 - Pará (Grêmio) - Se movimentou muito e foi uma boa opção ao ataque do time. levando muio perigo a cada subida. Nota: 7,5.

3 - Edu Dracena (Santos) - Foi muito bem no jogo, não deixando Walter fazer suas jogadas usando o corpo. Com a saída de Walter, machucado, foi a vez dele anular Neto Baiano. Nota: 7,5.

4 - Dedé (Cruzeiro) - Dando sequência a uma boa fase, Dedé novamente foi muito bem. Ganhou praticamente todas as bolas por baixo e também foi bem nas bolas aéreas. Nota: 8,5.

5 - Marcelo Mattos (Botafogo) - Foi muito bem na marcação, desarmes e passes. Chegou ao ataque levando muito perigo, com chutes e cruzamentos. Exigiu uma defesa difícil de Galatto. Nota: 8.

6 - Emerson (Santos) - Substituiu Mena, que estava com a seleção Chilena. Não fez uma partida muito boa no ataque, mas foi muito seguro na defesa. Nota: 7.

7 - Elias (Botafogo) - Não estava aparecendo muito no jogo, mas procurou se movimentar. No último lance da partida, decidiu o jogo com um golaço de meia bicicleta. Nota: 8.

8 - Alex (Coritiba) - A um tempinho não brilhava, e consequentemente o Coritiba não vencia. Hoje fez os dois gols da partida e decidiu a partida. Nota: 8,5.

9 - Kléber (Grêmio) - Fez uma partida de muita entrega a equipe. Brigou muito, como sempre, deu uma assistência, sofreu um penalti e converteu-o. Nota: 8,5

10 - D'Alessandro (Intetnacional) - Mais uma vez o protagonista da equipe no jogo. Primeiro uma assistência, depois um gol. Nota: 8.

11 - Biro-Biro (Fluminense) - Mudou o jogo ao entrar em campo. Deu um gás ao ataque e não teve medo de arriscar nos dribles e em ir para cima da zaga do Bahia. Fez o gol da vitória. Nota: 8.

TÉCNICO: Luxemburgo (Fluminense) - Foi impecável nas alterações, que deram certo e conseguiu a vitória. Nota: 9.

Blog C. Fernando

Administrador; 26 anos; Católico; Apaixonado por Eduarda Guidarini; Fanático por futebol; Futebol bonito não é melhor que o eficiente; Penalti não é loteria, mas sim treinamento e competência; Torcedor do Avaí, Real Madrid e Fiorentina.

0 comentários: