Análise dos Jogos de Volta das Oitavas de Final da Champions - Parte 1

Com a boa vantagem adquirida no jogo de ída, em Londres, o Bayern empatou em 1x1, sem sustos, com o Arsenal, e assim assegurou sua vaga nas quartas de final, como já era esperado. No primeiro tempo, o time bávaro pressionou muito os gunners, que apesar de precisarem fazer pelo menos dois gols, ficaram acoados. Logo no início do segundo tempo, Ribery "entortou" seu compatriota Sagna pela direita e cruzou rasteiro para o meio da grande área, Schweinsteiger dominou a bola e teve muita frieza na finalização, abrindo o placar da partida. Dois minutos depois, em lance de erro bizarro do juíz, Podolski empurrou Lahm - que caiu no chão pedindo a falta não marcada pelo árbitro -, e fuzilou no ângulo de Manuel Neuer. Depois disso o Arsenal até criou algumas chances, mas não levou grande perigo ao Bayern, que por sua vez procurou acalmar o jogo, sem seu costume de visar goleadas. Nos acréscimos, Müller ainda teve a chance de confirmar a vitória, quando cobrou um pênalti cometido por Koscielny em Robben. Contudo, Fabianski defendeu a cobrança.


Na Espanha, Diego Costa brilhou mais uma vez no confronto do Atlético de Madrid, diante do Milan, faturando a classificação com uma goleada de 4x1. O time madrilenho mostrou toda a sua superioridade com relação ao adversário já no início do jogo, marcando aos dois minutos o primeiro gol da partida. Em cruzamento sensacional de Koke, Diego Costa deu uma "voadeira" ao estilo "Karate Kid", abrindo o placar. Aos 26 minutos, Kaká empatou o jogo com uma boa cabeçada, dando esperanças ao time italiano, que quase virou o jogo aos 36 minutos, com outra cabeçada, agora de Taarabt, na trave. Três minutos depois, o castigo veio. Arda Turan dominou e chutou da entrada da área, a bola desviou em Rami e entrou no canto esquerdo de Abiatti. Antes dos times voltarem para o segundo tempo, Seedorf tirou o bom meia Taarabt para colocar Robinho no jogo. Iludiu-se quem achou que poderiamos ter uma reação Rossonera, pois em meados do segundo tempo, Raúl García ampliou o placar. Para finalizar, à cinco minutos do fim Diego Costa aproveitou bate e rebate na entrada da área, conduziu a bola para direita e fuzilou, fazendo a alegria dos torcedores espanhóis.


No confronto entre Barcelona x Manchester City, realizado no Camp Nou, o time catalão levou a melhor novamente sobre os ingleses. O pirmeiro tempo até foi movimentado, com os dois times criando boas chances, porém o Barcelona era mais consistente. Aos 21 do segundo tempo, Messi inaugurou o placar, após falha feia de Lescott. Com o gol, o City precisou sair mais ainda ao ataque, já que necessitava de três golspara se classificar. Aos 44, o capitão Kompany, em posição duvidosa, completou uma bola escorada de cabeça por Dzeko em um escanteio, empatando a partida. Um minuto depois, Daniel Alves recebeu passe de Iniesta no meio da área e fez 2 a 1 para a equipe de Tata Martino, carimbando seu passaporte ás quartas da Champions.


Na França, o PSG estava com a classificação praticamente já liquidada com a goleada de 4x0 sobre o Leverkusen, na Alemanha. O time francês entrou tranquilo em campo e não teve muito âmbito para fazer uma boa apresentação. Mesmo assim o jogo terminou 2x1 para os donos da casa. Quem saiu na frente foi o Leverkusen com Sidney Sam aos cinco minutos de jogo. Pouco tempo depois, com uma cavadinha, Ibra acertou uma bola na trave, frustrando-o, já que disputa um duelo particular com CR7 pela artilharia do torneio. O gol de empate parisiense veio com Marquinho, de cabeça. Ainda no primeiro tempo, o Leverkusen poderia ter ficado novamente em vantagem. O árbitro marcou um penalti para equipe alemã. Na cobrança Sirigu defendeu o chute do meia canhoto Rolfes. Na segunda etapa, o lateral Digne foi acionado diversas vezes pela esquerda, dando dor de cabeça a zaga alemã. Em uma dessas investidas, o jovem francês fintou um marcador e cruzou rasteiro para Lavezzi dar números finais ao jogo.


GOLAÇO DA RODADA:


Blog C. Fernando

Administrador; 26 anos; Católico; Apaixonado por Eduarda Guidarini; Fanático por futebol; Futebol bonito não é melhor que o eficiente; Penalti não é loteria, mas sim treinamento e competência; Torcedor do Avaí, Real Madrid e Fiorentina.

0 comentários: