Análise dos Jogos de Ida das Oitavas de Final da Champions - Parte 1

Começarei a análise partindo para Manchester, onde esperava-se o jogo mais equilibrado. E de certa forma ele foi bem disputado até o começo do segundo tempo, porém com uma "ajudinha" do juíz, o Barcelona abriu o placar. Jesus Navas havia sofrido falta no meio de campo, porém Jonas Eriksson, o árbitro, resolveu não apitar a infração e na sequência Demichelis teve de parar Messi de alguma forma. Com um carrinho fora da área, recebeu o cartão vermelho por ser o último homem, e aí vem o outro erro do juizão, que marcou penalti para os Catalães. Messi converteu com tranquilidade a cobrança. O jogo seguiu e mesmo com um a menos o City teve as melhores chances. Mas seria difícil demais segurar os contra-ataques velozes do Barça, principalmente após a entrada de Neymar no jogo, que deu belo passe para Daniel Alves ampliar a vantagem. Com o resultado o Barcelona tem grandes chances de obter a classificação, porém não me surpreendo em uma virada dos Citzens, que têm time para isso.


No outro jogo da terça-feira, o PSG massacrou o Bayern Leverkusen na Alemanha. Com dois gols de Ibrahimovic, um de Matuidi e um de Cabaye, aplicou fáceis 4x0 no time alemão. A superioridade já era nítida antes do início do jogo, comparando os dois times, mas dentro de campo provou-se ainda maior pelo lado dos franceses. Ibrahimovic deu mais uma vez um show à parte, e com os dois gols marcados fica isolado na artilharia da competição. 


Passando para o segundo dia de jogos da Champions, a quarta-feira, em Londres o Arsenal recebeu o atual campeão Bayern. Logo no início da partida, Özil sofreu penalti após belo drible em Jerome Boateng. Ele mesmo foi para a cobrança e Neuer defendeu o chute que foi no meio do gol. Quando se tem uma chance dessa diante de "nada mais nada menos" do que o Bayern, e não aproveita, tende a sofrer as consequências. Pouco tempo depois, Robben foi lançado na área e foi derrubado por Szczesny, que foi expulso. Na cobrança do penalti Alaba também errou, chutando para fora. No segundo tempo, Kroos acertou um chute sensacional e abriu o placar para os alemães. Já ao final da partida, Muller aproveitou belo cruzamento de Lahm e deu ponto final a partida. Grande vitória do Bayern, que tem tudo para fazer mais que 2x0 dentro de seus aposentos.


Para finalizar essa trágica rodada para os times que jogaram em casa, com gol de Diego Costa, o Atlético de Madrid venceu o Milan no San Siro. O jogo foi bem equilibrado, sinceramente antes do jogo eu esperava mais facilidade ao time madrilenho, mas os novos contratados Taarabt e Essien, e os craques Kaká e Balotelli, deram muito trabalho. O Milan foi superior no primeiro tempo, finalizando duas bolas na trave. Na primeira delas, Kaká acertou um bom chute que apesar do desvio em Godín, explodiu no travessão. Na segunda oportunidade, Taarabt cruzou na cabeça de Poli, que finalizou muito bem, porém o goleirão Courtois fez uma grande defesa e a bola ainda bateu na trave antes de se perder pela linha de fundo. No segundo tempo o jogo ficou "morno" e assim que Balotelli saiu com uma lesão no ombro, que preocupa para os próximos jogos, o Milan não conseguiu mais ter sucesso nas investidas ao ataque. Já chegando aos minutos finais do jogo, em escanteio mal cortado pelo lateral Abate, Diego Costa cabeceou para o fundo do gol de Abiatti, garantindo a importante vitória de 1x0 em Milão.


GOLAÇOS DA RODADA:


Blog C. Fernando

Administrador; 26 anos; Católico; Apaixonado por Eduarda Guidarini; Fanático por futebol; Futebol bonito não é melhor que o eficiente; Penalti não é loteria, mas sim treinamento e competência; Torcedor do Avaí, Real Madrid e Fiorentina.

0 comentários: