Os 10 Maiores Vexames do Futebol Brasileiro no Cenário Internacional

10  River Plate 4x2 Botafogo - Partida disputada pela Copa Sul-Americana 2007.

O time carioca havia vencido o primeiro jogo, no Rio de Janeiro, por 1x0. No jogo da volta, os alvinegros venciam por 2x1 na casa do rival até os 29 minutos do segundo tempo, com um jogador a mais. A partir daí, Falcão García deu um show particular, com três gols. Dodô teve pelo menos três grandes chances, cara a cara com o goleiro, enfeitando nas finalizações e errando. Em 17 minutos o Botafogo perdeu uma classificação praticamente garantida.


9 Tolima 2x0 Corinthians - Partida disputada pela Pré-Libertadores 2011.

O timão empatou em casa com um time colombiano desconhecido, chamodo Tolima por 0x0. No jogo disputado na Colombia, com Ronaldo e Roberto Carlos em campo, o Corinthians sofreu nas mãos dos colombianos, perdendo a partida por 2x0, fora o baile.


8 Brasil 1x2 Uruguai (Maracanazo) - Final da Copa do Mundo 1950.

A derrota da seleção brasileira para o Uruguai na final da Copa do Mundo de 1950 foi com certeza a derrota mais dolorida de nosso futebol. O Brasil havia feito uma grande campanha no início da competição, diferente da Celeste, que sofreu muito para chegar na final. Além de jogar em pleno Maracanã lotado, o time brasileiro precisar apenas de um empate para ser campeão. Ao fazer 1x0 logo aos dois minutos do segundo tempo, criou-se a convicção de que conquistaríamos nosso primeiro título mundial. Mas, com gols de Schiaffino e Ghiggia, o Uruguai virou a partida e sagrou-se bicampeão mundial de futebol, para a desolação dos mais de 200 mil torcedores presentes no Maracanã e outros milhões por todo o país.


7 Brasil 2x3 Itália - Copa do Mundo 1982.

Em 1982 a seleção brasileira de Telê Santana era considerada a favorita e melhor seleção da Copa. Uma seleção que honrava o título de "futebol-arte", com os consagrados craques Zico, Falcão, Socrates e cia. Porém, ao cruzar o caminho da seleção italiana, sabendo da necessidade de apenas um empate para se classificar, o Brasil caiu diante da eficiência de um time de força e da inspiração de um jogador até então desconhecido, Paolo Rossi. O atacante italiano marcou três gols e levou a Azzurra à semifinal do torneio e depois ao título sobre a Alemanha. Além de trágica, a derrota do time brasileiro foi um marco para o futebol, pois, "provou" ser mais importante privilegiar a tática e a força em detrimento à habilidade.


6 Flamengo 0x3 América - Libertadores 2008

Na Libertadores de 2008 o Flamengo passou por uma das maiores vergonhas de sua história. Após vencer o América do México por 4X2, na casa do rival, o Flamengo podia até perder por dois gols de diferença e mesmo assim se classificaria, porém o paraguaio Cabanãs acabou com as esperanças rubro-negras e calou mais de 47 mil torcedores do time carioca que foram ao Maracanã.


5 Internacional 0x2 Mazembe (Mazembada) - Mundial de Clubes 2010

Favorito absoluto á disputar o título de Campeão Mundial de Clubes em 2010, o Internacional de Porto Alegre foi surpreendido pelo desconhecido Mazembe, da República do Congo, perdendo o jogo pelo placar de 2X0 e protagonizando um dos maiores vexames da história do nosso futebol. O vexame se deu pela certeza da vitória brasileira e por ser o primeiro time sulamericano da história a ser eliminado por um time africano no Mundial de Clubes, acabando assim com o sonho do bi-campeonato mundial do time do sul, já que o Inter havia vencido o torneio em 2006. Vale ressaltar que antes do jogo contra o time africano, no site oficial do Internacional já havia escrito: Próximo jogo - Internacional x Internazionale de Milão.


4 Brasil 0x2 Honduras - Copa América 2001.

Luiz Felipe Scolari estava no começo de seu trabalho à frente do time brasileiro na Copa América 2001, realizada na Colômbia. Após duas vitórias e uma derrota na primeira fase, o Brasil pegou a fraca seleção de Honduras nas quartas de final da competição, mas o inacreditável aconteceu. O resultado da partida, 2 a 0 para os hondurenhos, foi tão inesperado quanto vergonhoso para os brasileiros.


3 Chile 4x0 Brasil (Goleada à chilena)- Copa América 1987.

Depois de estrear na Copa América de 1987 com tranquilos 5 a 0 sobre a Venezuela, o Brasil precisava de um empate contra o Chile para avançar às semifinais. O que a equipe de Careca, Romário e companhia não esperava era o atropelo que estava por vir: goleada de 4 a 0 e a volta para casa ainda na primeira fase.


2 Raja Casablanca 3x1 Atlético Mineiro - Mundial de Clubes 2013. 

Podemos colocar o episódio ocorrido esse ano com um dos maiores vexames da história do futebol brasileiro, quando pela segunda vez um time brasileiro é eliminado por um time africano da final do Mundial de Clubes da FIFA. O Galo, foi derrotado por 3X1 pelo modesto Raja Casablanca do Marrocos, time que só está no Mundial por ser o atual campeão nacional do país sede, ou seja, nem campeão continental o time marroquino foi. Além de tudo, no atual campeonato Marroquino, o time alvi-verde é apenas o oitavo colocado.


1 Barcelona 8x0 Santos - Amistoso Internaional 2013.

Um amistoso que não precisava nem ter acontecido e completamente desnecessário se transformou no maior vexame da história do Santos. A equipe levou oito gols do Barcelona, novo clube do ídolo santista Neymar, fora o baile. O Barcelona jogou com equipe mista, despreparada e em meio a pré temporada. O pior é que esse jogo fazia parte do acordo da venda de Neymar e era para ser apenas um jogo amistoso sem importância, mas o resultado manchou o nome da equipe no mundo todo, sendo comparado á equipes da terceira divisão espanhola. E tudo isso aconteceu depois desse mesmo Barça fazer quatro gols no mesmo Santos na final do Mundial de Clubes de 2011.



Fonte: http://www.lanceactivo.com.br/oxisdaquestao

Blog C. Fernando

Administrador; 26 anos; Católico; Apaixonado por Eduarda Guidarini; Fanático por futebol; Futebol bonito não é melhor que o eficiente; Penalti não é loteria, mas sim treinamento e competência; Torcedor do Avaí, Real Madrid e Fiorentina.

0 comentários: