Seleção da Oitava Rodada do Brasileirão 2016

1 - Danilo Fernandes (Internacional): Com mais uma grande atuação, já fez a torcida esquecer Alisson. Ótimas defesas e muita liderança fizeram de Danilo o goleiro da rodada. Nota; 8. 

2 - Jéferson (Ponte Preta): Perigoso nas investidas e sem comprometer na defesa, ajudou o time com o gol da vitória. Nota: 7,5.

3 - Thiego (Chapecoense): Artilheiro da noite, marcando dois gols, e jogador que mais acertou passes no jogo, viveu uma noite atípica diante do time que revelou-o. Nota: 8,5.

4 - Rever (Flamengo): Descartado pelo Inter, estreou com pé direito no Mengão. Foi impecável nos cortes e na marcação, além de ser o herói da partida com o gol do triunfo. Nota: 8,5.

5 - João Paulo (Coritiba): Muito bem na marcação e nos passes, também foi o autor do primeiro gol do jogo. Nota: 8,5.

6 - Reinaldo (Ponte Preta): Dando sequência a boa fase, fez outra ótima partida, desta vez marcando um belo gol. Nota: 8.

7 - Gabriel (Santos): "Homem do jogo", marcando o primeiro gol e dando a assistência para Vitor definir a vitória. Nota: 9.

8 - Vítor Bueno (Santos): Decisivo como sempre, organizou o meio de campo e cresceu ainda mais de produção quando teve Lucas Lima e Gabriel ao seu lado. Foi autor do segundo gol do Peixe. Nota: 8.

9 - Sassá (Botafogo): Um hat-trick não se vê todo dia no futebol brasileiro. Além de marcar três vezes, Sassá se movimentou bastante e junto de Neílton causaram transtornos ao América. Nota: 9.

10 - Douglas (Grêmio): Com muita disposição, apareceu bastante pro jogo e distribuiu bem a bola. Deu duas assistências para gols. Nota: 8.

11 - Vitinho (Internacional): Atuação de "gala" para colocar o Colorado na liderança. Bons dribles, passes, muita correira, uma assistência e um gol. Nota: 9.

TÉCNICO: Bauza (São Paulo): Com as mudanças feitas no segundo tempo, conseguiu romper a barreira feita pelo time baiano. Michel e Ganso entraram para dar as duas assistências dos gols da equipe. Nota: 9.


Blog C. Fernando

Administrador; 26 anos; Católico; Apaixonado por Eduarda Guidarini; Fanático por futebol; Futebol bonito não é melhor que o eficiente; Penalti não é loteria, mas sim treinamento e competência; Torcedor do Avaí, Real Madrid e Fiorentina.

0 comentários: